MONARQUIA TRADICIONAL

Nós seremos livres, nosso rei será livre, nossas mãos nos libertarão
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  

Compartilhe | 
 

 Despenalização do aborto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 10, 11, 12, 13, 14  Seguinte
AutorMensagem
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 10:40:01

Pedro Reis escreveu:
Beladona escreveu:
...O amigo continua a referir-se aos anticonceptivos,etc.,esses também mal vistos pela Igreja e,que em certos lugares não chegam,ou custam dinheiro,etc.Não sei se o amigo viu à cerca de 1 ou 2 dias a reportagem Rosa Brava passada na SIC depois do telejornal das 20h.Se viu,tem aí um belo exemplo de como ainda são certos lugares do nosso Portugal...

Ontem fiz questão que a senhora minha companheira visse esta reportagem, apenas para lhe mostrar o que aquilo que eu lhe digo não é uma memória do passado. Como a nossa recatada vida do Estoril não é a norma, mas apenas uma parte e concerteza não a pior.

Nestes últimos 14 anos, entre Trás-os-Montes, Beira Litoral e Alentejo vi Rosas Bravas às dezenas e muitas destas míudas e mulheres nem sabem que dia 11 vai haver um referendo, quanto mais saber que no centro de saúde mais próximo (30kms) há preservativos gratuítos (gra...quê?). Quando esta míuda de 16 anos, obcecada por rapazes que a salvem, engravidar quem vão ser os que vão lá estar para a ajudar? Os mesmos que não conseguiram levar os pais a deixa-la ir à escola? Enfim...

... E então vamos todos mostrar o nosso respeito e humanidade induzindo raparigas ingenuas e ignorantes a abortar, porque nós, a elite de Portugal, os progressistas esclarecidos das grandes cidades, achamos que essas mulheres não têm capacidades sociais nem financeiras para terem filhos.
Elas que abortem, que cá os priveligiados terão os seus filhos em condições.
Este argumento é tavez de todos o mais inaceitável, porque é injusto, desumano e de forma hipocrita, propõe uma selecção de quem tem ou não o DIREITO A NASCER, DE QUEM TEM OU NÂO DIREITO A SER MÃE.

Nem o Hitler, nos seus "melhores tempos", se lembraria de uma coisa tão preversa.

Um Bem Haja Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 13:41:25

Citação :
Qualquer país que aceite o aborto não está a ensinar o seu povo a amar, mas a usar de qualquer violência para conseguir o que se quer. É por isso que o maior destruidor do amor e da paz é o aborto.

Eu apelo na Índia e apelo em toda a parte – “Vamos resgatar a criança.” A criança é o dom de Deus para a família. Cada criança é criada à imagem e semelhança de Deus para grandes coisas – para amar e ser amada."

Madre Teresa de Calcutá
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 17:38:06

Finalmente uma resposta do nosso amigo JTMB a qual tem um conteúdo que permite uma afável discussão.
Um muito obrigado pela mesma caro José Tomaz.

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Primeiro que tudo, gostaria de saber por parte de TODOS os defensores do SIM, qual o projecto por eles fundado ou qualquer serviço por eles criado que possibilita dar apoio às mulheres e famílias em situação crítica?
A ajuda não passa por liberalizar tudo aquilo que possa arrastar os fragilizados para um sem número de situações sem retorno que promovem maior degradação pessoal e humana e económica.
Situações essas a que depois os Sim voltarão as costas às vitimas e culparão (como sempre) o sistema do estado por ser pouco social e de sustentar um capitalismo imperialista de direita em detrimento do povo assalariado.
Francamente, mostrem trabalho feito ao serviço daqueles que tanto apregoam como sendo vítimas de discriminação e humilhação e possivelmente terão legitimidade para abordar este tema.

O amigo aqui está a generalizar e a extrapolar.
1º assumo que os defensores do SIM vão virar as costas e fazer nada. Mas o que o leva a defender essa posição?
Quem tem que fazer algo são os governos que têm de criar condições para que se evite o recurso ao aborto.
Onde estão as políticas de natalidade que tantos falam?
Olhe, o parlamento é constituído por membros que defendem o SIM e o NÃO e não vejo nenhum deles trabalhar, logo o problema não vai, nem recai, apenas nos defensores do SIM, mas igualmente nos do NÃO.

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Tanto quanto sei e é público o NÃO e os seus defensores, fundaram ou criaram cerca de 45 instituições (SEM FINS LUCRATIVOS) para apoiar as mulheres e crianças que vivem em situações miseráveis e que supostamente não teriam outra solução senão abortar. Gostava de saber qual o trabalho dos do Sim neste campo?

Já respondi à sua pergunta no meu comentário acima, mas em todo o caso, é notório que desde o outro referendo nada se fez, sendo que foi preciso este para que os defensores do NÃO, esse verdadeiro movimento cívico se juntassem para criar/fundar 45 instituições sem fins lucrativos.
Bem tarde sempre é melhor que nada, mas criar instituições para fins de publicidade em campanha eleitoral é o mesmo que o Governo baixar os impostos durante uma campanha eleitoral... ou seja areia para atirar aos olhos das pessoas Wink

Um abraço caro amigo,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 17:52:33

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Permitir o aborto, sem qualquer justificação além da vontade da mãe, até as 10 semanas, é tratar esta questão ao nível da cirurgia estética. Responder-me-ão, ultrajados, os defensores do SIM, que nenhuma mulher aborta por querer. Concedo. Se nenhuma mulher quer abortar, e este acto se apresenta como recurso possível ante um conjuntos de circunstâncias adversas, parece-me que o mais sensato será criar um conjunto de condições que permitam às mulheres fazer face a estas adversidades sem que atentem contra uma vida que é, apenas, a consequência que elas sabiam possível de uma acção que foi, afinal, “livre na causa”.

Mas ninguém impede, que caso o SIM ganhe, não se devam tomar medidas que procurem evitar o aborto. Até é algo que deveria ser implementado, assim como políticas pró natalidade.
Tal como os abortos clandestinos até às 10 semanas continuariam a ser penalizados.
Mas a despenalização irá permitir que grande parte das mulheres que os praticam, seja por que razões forem, possam ser acompanhadas e estudar-se as razões que levam estas a optar por esse caminho.
Ora SE há mulheres que o fazem por não desejarem usar métodos contraceptivos, então creio que essas mulheres deveriam ser igualmente penalizadas, mas aqui apenas apresento uma opinião pessoal.

Agora o SIM permite que se melhorem as condições de saúde das mulheres, pelo menos daquelas que optam por abortar, de qualquer maneira e mantém aberto o caminho às iniciativas políticas a favor da natalidade. O NÃO apenas mantém estas últimas em aberto.

É por isso que voto SIM.

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 18:13:33

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Eu já percebi que na sua percepção é um Proto Ser Humano, há quem lhe chame um conjunto de células, outros ainda um empecilho, por mim até lhe podem chamar extra-terrestre, não é isso que está em causa.
O que está em causa é o que ele É e segundo a comunidade cientifica e graças ao progresso que o Izz tanto gosta, hoje dispomos de dados suficientes que demonstram de forma clara e inequivoca que estamos a falar da vida de um SER HUMANO.
Se para si e para outros era preferivel que se tratasse de um batráquio, lamento desapontá-los, mas de facto é um bébé em franco desenvolvimento, e o mais inacreditável de tudo é quetodos nós já fomos assim também e porque alguem nos protegeu durante os nove meses do nosso desenvolvimento, estamos hoje aqui, a exercer este direito extraordinário que é a liberdade de expressão, ao tirar o direito á vida de outro ser humano estamos a priva-lo de tudo, de todos os direitos e liberdades que tanto gostamos de defender e usufruir.

Cara amiga, o feto/embrião de que fala não tem às 10 semanas a mínima capacidade de sobrevivência fora da mãe. Logo o "seu" direito de escolha é inconsequente em relação ao direito de escolha da mãe.
E esta deverá ter o direito de escolher se é chegada a altura para ter um filho.
Logo qualquer direito que um feto/embrião pudesse vir a ter, teria forçosamente de ficar sob a alçada do direito da mãe.

Em caso de perigo para a mulher, quem se deverá salvar? o feto/embrião ou a mulher? A Lei diz a mulher, mas pelo ponto de vista dos defensores do NÃO, estamos a falar de um ser humano intra uterino.
Pode-se quantificar, pelo seu ponto de vista, a maior importância de um Ser Humano em relação a outro Ser Humano?
Como se processa a escolha nesse caso cara amiga?

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Sabe quantas mães levaram em frente as suas gravidezes, apesar das duvidas e até de não as desejarem, e o quanto amam hoje os seus filhos?
Nenhuma mulher se arrepende de ter tido um filho, mesmo quando a principio não foi desejado, mas todas as mulheres se arrependem até ao resto dos seus dias de terem feito um aborto, tirando as raras excepções de mulheres desiquilibradas, mas isso já é um assunto do foro psiquiátrico, e mesmo aí a criança não tem que pagar com a sua vida a incapacidade psicológica da mãe.
Nesse caso a resposta tem de vir da comunidade, e tem de ser sempre no sentido de receber e acarinhar mais um membro dessa comunidade e não desenvencilhar-se dele como se fosse uma coisa qualquer.

Infelizmente esse não é o caso, ou então não haveriam os abandonos de nados vivos (bebés) em sanitas, contentores do lixo, etc. e olhe que eu nem estou a falar de dar para adopção, que por vezes é uma verdadeira prova de amor.
Por isso se a amiga crê que TODAS as mães são capazes de amar os seus filhos, eu acabei de lhe provar que não.
Para não falar igualmente dos casos em que as crianças não desejadas ficaram com traumas, recebidos durante o seu crescimento, causados por essas mesmas famílias que não os desejaram.

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Uma mulher que não aborte tem multiplas escolhas; a de criar o seu filho sozinha se o conseguir, a de o criar ajudada pelas instituições que existem para o efeito, deixar que seja o pai a criar o filho que também é dele, ou no limite, entregar o bébé para adopção, onde encontrará centenas de casais em lista de espera ansiosos por dar um lar a essa criança.
Estas são as possiveis escolhas da mulher, porque não se sobrepoem ao direito básico á vida que o seu filho tem desde o momento em que é concebido.

Cara amiga, as casas de adopção estão cheias e não vagam.
A amiga apresenta alternativas para a eventualidade de uma mãe optar ter um filho, mas não aceita contemplar a opção de uma mãe não querer ter esse mesmo filho.

cara de anjo mão de ferro escreveu:

Meu caro, das duas uma, PARA SI ou há vida ou não há vida, não havendo, EM SUA OPNIÃO, não há razão para não ir assistir a um
aborto logo pela manhã ou vê-lo em directo na televisão à hora da telenovela.
Sejamos coerentes!

Mas eu sempre defendi que há vida, tal como já o havia antes.

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Um sistema contraceptivo que falha nos nossos dias, é uma situação muito pouco provavel, mas no caso de acontecer, existe a pilula do dia seguinte para quem fica na duvida, ou o preservativo no homem, usado em simultâneo com uso da pilula pela mulher, se depois de tudo isto ainda conseguir a façanha extraordinária de engravidar, além de se poder inscrever no "Guiness", tem as várias opções que acima já referi.
Uma noite de incúria não pode ser resolvida á custa de uma VIDA.

lol e ainda me dizem que o NÃO não defende o aborto Wink

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Lamentavel, que para si uma vida seja APENAS uma coisa sem importância.
Acredito que a experiência e os anos lhe vão ensinar a dar mais valor e a aprender a respeitar a VIDA.

Cara amiga, a amiga por ventura come carne e essa mesma carne veio de um animal vivo e não creio que a amiga pensou 2 vezes no animal que está a comer e no percurso de vida do mesmo.
Para a eventualidade de ser vegetariana, não se esqueça que os vegetais que come, igualmente estiveram vivos, viveram, nasceram, cresceram e foram mortos para que a amiga os pudesse comer.
Agora se acha que para mim a vida é algo sem importância, olhe para si e para todos ao seu lado, ou seja, não descontextualize a discussão.

Não estamos a debater os direitos de quem não sabemos sequer se chegará a ser gente, mas sim os direitos de quem já é gente.

Um abraço,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 18:34:45

Senhor / Amigo (já que tenho de ser seu amigo á força) IzNo

Já viu bem a idade destas 45 instituições de que falo???? Bem me parecia que não. È que todas elas foram criadas muito antes de anunciado o referendo do aborto.

É assim maldosa e de má fé esta sua afirmação :

Citação :
Bem tarde sempre é melhor que nada, mas criar instituições para fins de publicidade em campanha eleitoral é o mesmo que o Governo baixar os impostos durante uma campanha eleitoral... ou seja areia para atirar aos olhos das pessoas

Pelo que se quer ser meu amigo agradecia desde já que a retirasse ou que pedisse desculpa às seguintes instituições:

http://www.ajudadeberco.pt/ - Ajuda de Berço

http://www.ajudademae.com/ - Ajuda de Mãe

http://www.apfn.com.pt/ - Associação Portuguesa de Familias Numerosas

http://www.humpar.org/ - Assoc Portuguesa pela Humanização do Parto

http://www.federacao-vida.com.pt/ - Federação Portuguesa pela Vida

http://www.forumdafamilia.com/ - Forum da familia

http://www.novofuturo.org/ Novo Futuro

etc etc etc

Se se der ao trabalho de visitar estas páginas verá que todas estas instituições que o Senhor diz que foram criadas para fugir aos impostos existem e funcionam muito antes da m - - - a deste referendo.

Penso que o Não irá ganhar, mas se Deus Nosso Senhor assim o não quiser, é porque ele quer certamente tornar o nosso trabalho mais dificil e colocar-nos à prova. Aí teremos de aproveitar a dinâmica criada pelo NÃO e multiplicar por 100 estas instituições de modo a que NINGUÉM tenha necessidade de abortar, ou seja combateremos o aborto com outras armas, mas pode sempre contar com um combate pois NÃO GOSTAMOS DE ASSASSINIOS e ABORTAR = ASSASSINAR

Ainda mais uma pergunta :
Apesar de os movimentos pelo não serem bastante mais que os do sim, e de terem recolhido bastantes mais assinaturas, acha democrático que ambos tenham os mesmos tempos de antena?


Ze Tomaz



P.S. - E lá fomos ambos para a rua no forum do pequeno David....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 18:42:48

António Matos escreveu:
...Deixem-me fazer um parêntesis

Qual é o fórum de Beladona? Por que é que ainda não fizeram referência a ele neste fórum? ...

O Fórum de que o amigo JTMB fala é o Politica-Monárquica do qual sou um dos Administradores, as razões para não se fazer demasiada publicidade do mesmo, já se fez alguma lol, prende-se ao motivo de que creio que se devem respeitar os espaços de debate.
Há membros deste espaço que conhecem a existência do mesmo espaço e até participam lá, embora talvez não com a persistência que vejo neste espaço.

António Matos escreveu:
entretanto, enquanto durar esta mensagem perguntava:

Caro Zé Tomaz e IzNoGuud
Custa-me a acreditar que lhes tenham feito tal coisa. Afinal é assim que tratam quem tão prontamente defende Duarte de Bragança? Poderão dizermo-nos mais pormenores da causa da vossa expulsão?

A discussão que eu tenho tido com o meu amigo JTMB, com o qual só discordo profundamente (creio) em questões de cariz social, tem atingido picos devido à forma como o mesmo gosta de mimosear os defensores do SIM. Razão pela qual já me afastei inclusivé deste tópico em tempos.

Em todo o caso, as razões foram as seguintes:

1º Troca de "Mimos", onde no fundo e após diversos mimos recebidos, o amigo JTMB apresenta um post igual ao que ele aqui apresentou de um filme e chama aos defensores do SIM de assassinos (e se não estou em erro particularizou na minha pessoa). Eu apenas respondi que na minha opinião que assassino era ele Wink

2º Que existiram ofensas à Religião de membros do mesmo fórum.
Ora eu apesar de ser algo forte nas minhas afirmações de cariz religioso, não gosto de insultar ninguém e apenas me lembro de ter dito que "...Deus não existe...", quando no tópico sobre o aborto alguém diz "...O aborto viola a Lei de Deus...".

Ora... SE estou a "injuriar" alguém com a minha frase, não terão sidos os membros que não se revêm dentro de um qualquer credo igualmente injuriados quando se invocam "Deuses"? E para além disso, se estamos a debater o aborto e a procurar usar razões lógicas e terra-a-terra como se pode contra-argumentar com uma opinião que invoque "Deus"? Eu somente apresentei a minha contra-argumentação de quem não acredita em "Deus(es)". Disse que não existiam, logo não dando qualquer credibilidade aos argumentos que usam motivos religiosos como factor para a discussão Wink

3º Houve acusações de existirem clones no Fórum, sendo que a amiga Beladona tem sido referenciada como a amiga Rosa Latina, pelo amigo JTMB, Lady Di (vulgo Maria da Fonte, que creio já ter feito parte deste Fórum), Ana Rita Bivar e demais heterónimos que por aí andam.

Houve uma 1ª advertência por parte do Moderador da Ética, à qual o amigo JTMB apesar de não se lembrar violou e uma 2ª advertência que ninguém violou.
Em todo o caso o mesmo Moderador optou por nos suspender por igual até depois do dito referendo sobre o Aborto e todas as minhas perguntas sobre as razões da minha suspensão e acusações de que fui alvo tem sido recusadas de forma simpática pelo Administrador do mesmo Espaço.

Irei cumprir o "castigo" que me foi imposto, a meu ver injustamente.
Não preciso de clones para marcar a minha presença ou opinião. A mesma chega por si.
E seguirei o meu caminho, espero que ao lado do amigo JTMB, em discussões sobre outras questões de cariz social, assim como politicas.

Espero ter respondido de forma sucinta e clara ao pedido do amigo António Matos, neste à parte e creio que se o amigo JTMB discordar de algum ponto que expus, que o mesmo irá por certo apresentar a sua visão dos eventos.

Um abraço a todos e as minhas desculpas se este não era o lugar para apresentar este à parte que nos foi pedido.

IzNoGuud

P.S. - O Moderador da Ética em questão tem tido igualmente umas posições e defesas apresentadas pelo mesmo, que se não roçam de igual forma o ataque aos defensores do SIM, então não sei o que são.
Mas e apesar de já terem sido referenciados os mesmos, o Moderador em causa não acha estar a violar nenhum estatuto do Fórum e a Administração igualmente não agido, logo dando o seu acordo tácito à actuação do mesmo.
Esta é claro apenas uma opinião e deverá ser vista como a opinião de quem está muito magoado por ter sido suspenso e se sentir injustiçado.
Creio que o amigo JTMB partilha da minha opinião quanto a este caso (excepto aos possíveis ataques contra o SIM, os quais deverá apoiar creio )


Última edição por em Ter 6 Fev - 18:56:27, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 18:50:00

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Senhor / Amigo (já que tenho de ser seu amigo á força) IzNo

Já viu bem a idade destas 45 instituições de que falo???? Bem me parecia que não. È que todas elas foram criadas muito antes de anunciado o referendo do aborto.

É assim maldosa e de má fé esta sua afirmação :

E nesse caso me retracto caro amigo.
As instituições de que fala creio que já todas de facto existiam, mas não sabia que eram patrocinadas pelo NÃO.

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Ainda mais uma pergunta :
Apesar de os movimentos pelo não serem bastante mais que os do sim, e de terem recolhido bastantes mais assinaturas, acha democrático que ambos tenham os mesmos tempos de antena?

Tempo de antena caro amigo, tem cada um dos movimentos que se inscreveram e todos têm o mesmo tempo de antena.
Faça as contas caro amigo, SE os defensores do NÃO são mais... terão no total mais tempo de antena que os do SIM, tal como acontece (aparentemente) nos spots televisivos.
Mas o tempo que cada movimento pode auferir individualmente terá sempre de ser igual independentemente de ser pró SIM ou NÃO.

Um abraço,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 19:01:44

Ontem ouvi, mas não confirmei. pelo que a vendo pelo preço que a comprei, que existem 14 movimentos pelo Não e 5 movimentos pelo Sim e que a Comissão Nacional de Eleições decidiu atribuir no toal o mesmo tempo de antena aos movimentos do Sim e do Não independentemente do seu numero, ou seja se existe um hora disponivel é atribuido 30 minutos a cada posição, depois os sim dividem esses 30 minutos pelos 5 movimentos e os Não pelos 14.

Não sei se isto é ou não verdade, mas se fôr é (mais) uma roubalheira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 19:23:47

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Ontem ouvi, mas não confirmei. pelo que a vendo pelo preço que a comprei, que existem 14 movimentos pelo Não e 5 movimentos pelo Sim e que a Comissão Nacional de Eleições decidiu atribuir no toal o mesmo tempo de antena aos movimentos do Sim e do Não independentemente do seu numero, ou seja se existe um hora disponivel é atribuido 30 minutos a cada posição, depois os sim dividem esses 30 minutos pelos 5 movimentos e os Não pelos 14.

Não sei se isto é ou não verdade, mas se fôr é (mais) uma roubalheira.

Se for de facto será uma violação grave da Lei Eleitoral.
Logo creio que não seja verdade, mas sem provas não se pode fazer afirmações a 100%.

Em todo o caso e pelos tempos de antena que tenho visto na TV e ouvido na Rádio.
Os movimentos do NÃO têm inúmeras representações, muitas de seguida e têm seguído a politica de manterem todos a mesma música e usar os mesmos sloganes, logo podendo dar a impressão de que nem todos têm acesso ao tempo de antena. Agora, tanto quanto eu saiba TODOS têm tido igual acesso ao tempo de antena e isso é o que está correcto.

Um abraço,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 22:44:40

Citação :
Cara amiga, o feto/embrião de que fala não tem às 10 semanas a mínima capacidade de sobrevivência fora da mãe. Logo o "seu" direito de escolha é inconsequente em relação ao direito de escolha da mãe.
E esta deverá ter o direito de escolher se é chegada a altura para ter um filho.
Logo qualquer direito que um feto/embrião pudesse vir a ter, teria forçosamente de ficar sob a alçada do direito da mãe.

O amigo volta a bater na mesma tecla, o que se está tornar um pouco maçador.
Uma pequena correcção na sua afirmação que ressaltei a negrito:
"E esta deverá ter o direito de escolher se é chegada a altura de engravidar".

Melhorou bastante não acha?
E desta forma simples SALVAM-SE muitas vidas inocentes.


Citação :
Em caso de perigo para a mulher, quem se deverá salvar? o feto/embrião ou a mulher? A Lei diz a mulher, mas pelo ponto de vista dos defensores do NÃO, estamos a falar de um ser humano intra uterino.
Pode-se quantificar, pelo seu ponto de vista, a maior importância de um Ser Humano em relação a outro Ser Humano?
Como se processa a escolha nesse caso cara amiga?

Mais uma vez, já está previsto na lei.



Citação :
Infelizmente esse não é o caso, ou então não haveriam os abandonos de nados vivos (bebés) em sanitas, contentores do lixo, etc. e olhe que eu nem estou a falar de dar para adopção, que por vezes é uma verdadeira prova de amor.
Por isso se a amiga crê que TODAS as mães são capazes de amar os seus filhos, eu acabei de lhe provar que não.
Para não falar igualmente dos casos em que as crianças não desejadas ficaram com traumas, recebidos durante o seu crescimento, causados por essas mesmas famílias que não os desejaram.

Desculpe que lhe pergunte, mas essas suas afirmações recorrentes, levam-me a perguntar se o Izz não será do Bangladesh.
Infelizmente, mulheres com instintos criminosos existem, da mesma forma que existem homens, esses casos chocantes, mas raros que referiu são casos de policia.
Sim creio que há sempre uma mãe em algum lugar desejosa de amar e educar uma criança.
E mais uma vez repito; A SOLUÇÃO PARA ESSES DRAMAS, NUNCA PODE PASSAR POR UM DRAMA AINDA MAIOR QUE È TIRAR UMA VIDA A UM INOCENTE.


Citação :
Cara amiga, as casas de adopção estão cheias e não vagam.
A amiga apresenta alternativas para a eventualidade de uma mãe optar ter um filho, mas não aceita contemplar a opção de uma mãe não querer ter esse mesmo filho.

Ai sim! O Izz tem visitado muitas, tem graça eu já muitas vezes quis adoptar uma criança e ainda não o fiz porque as listas de espera são ENORMES!


Citação :
Mas eu sempre defendi que há vida, tal como já o havia antes.

Não seja imaturo, essa teoria nem o meu filho que tem 13 anos a usaria.


Citação :
lol e ainda me dizem que o NÃO não defende o aborto Wink
????????????????????
O Izz sabe o que é a fecundação não sabe?
É preciso fecundação do óvulo, para haver um bébé, daí a pilula do dia seguinte tenha que ser tomada [b]ANTES
que a fecundação ocorra.

Citação :
Cara amiga, a amiga por ventura come carne e essa mesma carne veio de um animal vivo e não creio que a amiga pensou 2 vezes no animal que está a comer e no percurso de vida do mesmo.
Para a eventualidade de ser vegetariana, não se esqueça que os vegetais que come, igualmente estiveram vivos, viveram, nasceram, cresceram e foram mortos para que a amiga os pudesse comer.
Agora se acha que para mim a vida é algo sem importância, olhe para si e para todos ao seu lado, ou seja, não descontextualize a discussão.




Amigo, não me venha outra vez com a conversa das trutas e das vacas e das alfaces, porque pura e simplesmente não é razoavel e esta discussão merece todo o nosso empenho e seriedade.

Citação :
Não estamos a debater os direitos de quem não sabemos sequer se chegará a ser gente, mas sim os direitos de quem já é gente.

ERRADO!
Estamos a defender o direito de um ser humano fragil, dependente, que não tem voz, nem por onde fugir ou como se defender da morte conspirada a que o sentenciaram.

Um Bem Haja Wink


Última edição por em Ter 6 Fev - 22:52:08, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 22:52:04

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Que "salganhada tão grande, para justificar uma incongruência tão grande...
PARA GRANDES MALES, GRANDES REMÉDIOS.

Chama-se Gramática Portuguesa... Rolling Eyes

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Ora ainda bem que reconhece isso, como vê nem tudo está perdido.

Confio então que saberá redimir-se dos seus excessos.


cara de anjo mão de ferro escreveu:
Obviamente que não. As evidências corroboradas pela COMUNIDADE CIENTIFICA, QUE É UNANIME A AFIRMAR DE QUE SE TRATA DE UM SER HUMANO e quais dois desses testemunhos de um cardiologista e de ginecologista eu publiquei aqui neste forum.

Unânime? Dois testemunhos? coff coff

http://www.medicospelaescolha.pt/node/181

Contei 7 ginecologistas-obstetras, 3 pediatras, 18 clínicos gerais, entre outros.

http://pelo-sim.blogspot.com/2006_11_01_pelo-sim_archive.html

Aqui conto, ora bem, 3 ginecologistas, 3 obstetras, mais uma carrada de pessoal...eh pá, mas só contei um cardiologista.....pronto, ganhou. Só um cardiologista é uma derrota técnica.

É tão unânime essa sua afirmação que nem sei que mais lhe diga...pronto olhe tem razão....


cara de anjo mão de ferro escreveu:
Intrpertação minha? Quem é que anda há mais de um mês com demagogias neste forum a dizer que as mulheres desgraçadinhas sem condições para terem os seus filhos têm que abortar, como se ao faze-lo deixassem de ser desgraçadinhas...

Pois não sei, eu não sou. Eu digo que elas poderão abortar se quiserem, por contrário ao que a senhora afirma, elas têm de ter os filhos nem que a vaca, o cavalo e o menino Jesus tossam...

cara de anjo mão de ferro escreveu:
Francamente não percebo onde quer chegar com essa do aborto espontâneo.
É uma excepção, não é a regra. Não é provocado por ninguem, logo é uma fatalidade e não um CRIME.
Esteja á vontade de acreditar no que quiser, direi mais, sinta-se como estivesse em sua casa.

Que...não pode afirmar que por cada concepção existirá uma vida.

Obrigado, sinto-me muito mais aliviado.


Última edição por em Ter 6 Fev - 23:20:08, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:18:10

cara de anjo mão de ferro escreveu:
... E então vamos todos mostrar o nosso respeito e humanidade induzindo raparigas ingenuas e ignorantes a abortar, porque nós, a elite de Portugal, os progressistas esclarecidos das grandes cidades, achamos que essas mulheres não têm capacidades sociais nem financeiras para terem filhos.
Elas que abortem, que cá os priveligiados terão os seus filhos em condições.
Este argumento é tavez de todos o mais inaceitável, porque é injusto, desumano e de forma hipocrita, propõe uma selecção de quem tem ou não o DIREITO A NASCER, DE QUEM TEM OU NÂO DIREITO A SER MÃE.

Nem o Hitler, nos seus "melhores tempos", se lembraria de uma coisa tão preversa.

Um Bem Haja Wink

E onde é que me viu defender isso? Rolling Eyes

Olhe sabe que mais...tem razão. A conversa entre nós acabou aqui. Já me custa ter de ler as suas reprimendas maternais, quanto mais agora admitir-lhe que pense por mim.

Passar bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:20:18

Citação :
Chama-se Gramática Portuguesa... Rolling Eyes

Eu camar-lhe-ia outro nome, mas não lhe vou dar opurtinadade, para fazer mais uma BIRRA!

Citação :
Confio então que saberá redimir-se dos seus excessos.

Os "meus excessos", como o Pedro lhe chama, são apenas o MEU DIREITO á indignação perante os SEUS ABUSOS EXCESSIVOS




Citação :
Unânime? Dois testemunhos? coff coff

http://www.medicospelaescolha.pt/node/181

Contei 7 ginecologistas-obstetras, 3 pediatras, 18 clínicos gerais, entre outros.

http://pelo-sim.blogspot.com/2006_11_01_pelo-sim_archive.html

Aqui conto, ora bem, 3 ginecologistas, 3 obstetras, mais uma carrada de pessoal...eh pá, mas só contei um cardiologista.....pronto, ganhou. Só um cardiologista é uma derrota técnica.

É tão unânime essa sua afirmação que nem sei que mais lhe diga...pronto olhe tem razão....


Unanime em que existe VIDA, é claro que há sempre umas ovelhas negras, que resolvem descarregar as suas frustrações através da sua profissão, no III Reich, quem fazia as experiências com os judeus eram médicos, malucos e estafermos sem ética infelizmente, há-os em todo lado e em todas as épocas.



Citação :
Pois não sei, eu não sou. Eu digo que elas poderão abortar se quiserem, por contrário ao que a senhora afirma, elas têm de ter os filhos nem que a vaca, o cavalo e o menino Jesus tossam...

Diz, mas diz mal, como também compara mal a maternidade de uma mulher com a de uma vaca, é precisamente pela falta de respeito e dignidade do SIM pela mulher, querendo fazer dela um matadouro, que eu sou pelo Não.




Que...não pode afirmar que por cada concepção existirá uma vida.

... da mesma forma que nenhum de nós pode afirmar se daqui um minuto ainda está vivo, se daqui a um dia não vai estar doente, se daqui a um ano não estará numa cadeira de rodas, dependente e sem saber sequer como se chama, no entanto, quantas são as pessoas que matam o vizinho, a mulher, o marido ou o filho, porque um dia acordaram com esta incerteza?
Poucas, essas pessoas são criminosas e o seu crime é punido pela lei.

Citação :
Obrigado, sinto-me muito mais aliviado.

Folgo em saber que de alguma forma, contribuo para o seu bem estar. muito feliz

Um Bem Haja Wink


Última edição por em Ter 6 Fev - 23:25:03, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:22:59

Caro Cara de Anjo

Apenas para lhe dar os meus sinceros parabens pela qualidade das suas intervenções neste tema. Precisávamos de ter muitos assim.

Força
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:49:52

Citação :
E onde é que me viu defender isso? Rolling Eyes


Nestes últimos 14 anos, entre Trás-os-Montes, Beira Litoral e Alentejo vi Rosas Bravas às dezenas e muitas destas míudas e mulheres nem sabem que dia 11 vai haver um referendo, quanto mais saber que no centro de saúde mais próximo (30kms) há preservativos gratuítos (gra...quê?). Quando esta míuda de 16 anos, obcecada por rapazes que a salvem, engravidar quem vão ser os que vão lá estar para a ajudar? Os mesmos que não conseguiram levar os pais a deixa-la ir à escola? Enfim...


Sabe Pedro Reis, quando optamos por uma postura dúbia numa discussão, quando fugimos constantemente da frontalidade, rotulando-a, convenientemente, como falta de educação, quando evitamos chamar as coisas pelos nomes, arriscamo-nos a que um ou outro participante mais perspicaz e quiçá com uma sensibilidade mais apurada, O LEIA NAS ENTRELINHAS.

Se isso o irrita porque condiciona o seu espaço de manobra, lamento mas é um DIREITO que tenho, o de tirar as devidas ilações da argumentação dos participantes.
Se não foi este o sentido que quis dar com aquele "enfim...", tem aqui todo tempo do mundo para se explicar melhor.


Citação :
Olhe sabe que mais...tem razão. A conversa entre nós acabou aqui. Já me custa ter de ler as suas reprimendas maternais, quanto mais agora admitir-lhe que pense por mim.

Mais uma BIRRA, tenho a impressão que com esta já é a terceira...

UM Bem Haja e os votos que lhe passe depressa Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:53:19

Caro Zé tomás,

Muito obrigado pelas suas palavras, é sempre muito agradável encontrar alguem com a mesma perspectiva das "coisas". muito feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Ter 6 Fev - 23:58:33

Senhores(as) do Sim

Têm a certeza que nem este IMPRESSIONANTE video os demove?


http://www.youtube.com/watch?v=hKeEo1w2cpc



A bebe esta a crescer forte. Vai praticando as suas aptidões para a vida correndo, saltando, bocejando, sonhando e sentindo. Está protegida, segura e quentinha e provavelmente mais livre do que alguma vez se poderá sentir.



Agora neste momento tranquilo começa o aborto. Primeiro o médico retira 60cc de liquido amniótico com uma agulha. A bebé começa a dar pontapés assustada com a intrusão. Sente medo pela primeira vez. Agora o médico injecta 200cc de solução salina. São cerca de 850 ml de solução salina caustica concentrada.



A pele da bebé começa a arder. Os seus olhos e garganta também. Engasga-se. Começa a correr a tentar fugir da dor As suas pequenas pernas empurram com toda a força que podem. Mas o ventre materno, a sua pequena casa transformou-se numa armadilha mortal sem saída. Só dor e morte.

Algumas crianças conseguem resistir em agonia durante horas mas esta bebé ainda é pequena.

Após 30 minutos está vencida. Morreu!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 0:17:50

Badajoz para nascer, Portugal para morrer


Tenho ouvido ultimamente o sr. Primeiro-Ministro e o sr. Ministro da Saúde, e com eles todo o séquito que habitualmente os acompanha em coro, insistir na vergonha que é a afluência de mulheres grávidas portuguesas a Badajoz, ao que eles dizem para abortar em clínicas dessa especialidade (não sei se hei-de chamar-lhe médica, ou se ainda não estará reconhecida como tal).
Não podemos permitir a continuação de semelhante escândalo, dizem eles
tremelicantes de patriótica indignação, é obrigação do Estado português
assegurar a todas as cidadãs que o queiram fazer a possibilidade de abortar livremente e com todas as garantias aqui, no generoso país que é o delas.
Não sei se haverá ou não essa falada romaria abortista, desconheço o facto e não tenho acesso às fontes de informação de Suas Excelências.
Porém, o que sei de ciência certa é que ouvi não há muito tempo as mesmas vozes troçando dos atavismos anacrónicos que levavam alguns portugueses a protestar contra as medidas de Suas Excelências que obrigam as grávidas portuguesas de extensa zona do país a deslocarem-se para Badajoz a fim de ali darem à luz. Segundo explicaram então às nossas mentes obscurecidas por séculos de anti-espanholismo primário, isso de fronteiras já não é do nosso tempo. E todos os critérios de racionalidade financeira apontam para a conveniência da solução que nos arranjaram: as portuguesas que queiram ter as crianças que vão a Badajoz, que vão muito bem e serão bem atendidas. Nós não temos dinheiro para essa extravagância de sustentar maternidades deficitárias, não podemos esbanjar com esse luxo de terem os filhos em Portugal.
O que os nossos hospitais terão que garantir, isso sim, é que no caso de
estarem interessadas em os abortar poderão fazê-lo por cá, sem listas de
espera nem mesquinhices economicistas. Nem que tenha de formalizar-se uma via verde para as candidatas, e organizar-se uma equipa permanente só para isso em cada hospital distrital, e reservar um bloco só para essas intervenções, e destinar um reforço no orçamento para que não haja falhas.
Pode lá admitir-se que uma portuguesa tenha que ir abortar a Badajoz!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona
Almirante
Almirante


Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/01/2007

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:09:28

Caro Cara de anjo

Dou-lhe toda a razão quando diz que:"Os nossos actos têm consequências,consequências essas que envolvem os outros..."É verdade,pois com o nosso voto no próximo referendo podemos fazer a diferença entre deixarmos as coisas como estão,prejudicando os interesses básicos que qualquer mulher deve de ter,como acompanhamento médico,psicológico,etc.,etc.Ou dando todos esses direitos às mesmas e dando além disso a liberdade para abortar ou não segundo a sua consciência.É por ser responsável e por saber que não quer dar má vida a um possível futuro filho que a mulher aborta,não é por qualquer coisa à toa.

Meu caro amigo,o Estado tem uma grande parte da culpa destas e doutras situações.É uma realidade que por muito que não gostemos não podemos fechar os olhos como se não existissem.

Caro amigo,pode dizer ou expôr o que entender.Para mim,bastava um só caso de morte,para se tentar solucionar o problema para que não se repetisse.Não duvide que se o Não ganhar, a lei continuará a ser essa mesmo e, a lei é para se cumprir,para isso existe,e as mulheres poderão ir mesmo parar à cadeia o que é uma vergonha num país que se quer moderno e evoluído.

Meu caro,as mulheres que vão às clínicas em Espanha podem fazê-lo,não me apoquentam de maior,pois se abortam por lá,elas lá saberão porquê,mas não é por falta de possibilidades para criar uma criança.De qualquer maneira o aborto será sempre algo de muito doloroso e difícil para qualquer mulher seja ela com ou sem posses materiais.

Um abraço da Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona
Almirante
Almirante


Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/01/2007

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:30:54

Caro amigo JTMB

Já que quer que eu aqui exponha o que disse ao autor dos filmes lguerreiro do forum Democracia Real passo a transcrever (pois assumo sempre o que digo):

"...Quanto aos seus filmes,acho-os elucidativos,mas não chocantes,pois meu caro,quando em determinada época da minha vida,vi em directo e em imagens,destroços humanos civis e militares resultados de uma guerra de guerrilha,já não haverá muito mais que me possa chocar..."Posso acrescentar que alguns eram amigos.

Qualquer pessoa que qeira ,tem livre acesso aos diversos posts quase na sua totalidade do citado forum ou outro qualquer,sem precisar de se registar,como todos sabemos.

Caro amigo,já estou fartinha de lhe dizer que estou nos foruns do já acima citado,no do Iz que é o Política-Monárquica e neste,somente como mais uma participante muito modesta,não tenho posto nenhum e nem estou interessada em ter,visto a minha falta de tempo.

E, mais uma coisa,o caro amigo não foi expulso mas suspenso de ambos os foruns,o que tem uma certa diferença.

Um abraço da Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona
Almirante
Almirante


Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/01/2007

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:36:49

Caro António Matos

Não tenho nenhum forum meu,é um erro que o caro JTMB tem por hábito mencionar mas sem fundamento algum,sou somente uma humilde participante e nada mais,assim como também me confundem com a senhora RosaLatina,o que volto a dizer ser errado.

Um abraço da Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cara de anjo mão de ferro
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Número de Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/12/2006

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:39:17

Citação :
Caro Cara de anjo

Dou-lhe toda a razão quando diz que:"Os nossos actos têm consequências,consequências essas que envolvem os outros..."É verdade,pois com o nosso voto no próximo referendo podemos fazer a diferença entre deixarmos as coisas como estão,prejudicando os interesses básicos que qualquer mulher deve de ter,como acompanhamento médico,psicológico,etc.,etc.Ou dando todos esses direitos às mesmas e dando além disso a liberdade para abortar ou não segundo a sua consciência.É por ser responsável e por saber que não quer dar má vida a um possível futuro filho que a mulher aborta,não é por qualquer coisa à toa.

Havia uma musica dos Salada de frutas, que tinha o seguinte refrão:
" DEMAGOGIA FEITA À MANEIRA É COMO QUEIJO NUMA RATOEIRA".
Atrevo-me a dizer que se a amiga tivesse um hino era este concerteza.

Cara amiga,

Antes uma "má vida", se é que essa condição imutavel existe, do que uma MORTE conjeminada, planeada e a pedido.
A MÁ VIDA TEM SOLUÇÃO, A MORTE NÃO!

Um Bem Haja Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona
Almirante
Almirante


Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/01/2007

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:44:49

Caro Pedro Reis

Infelizmente ainda há muitas mulheres e jovens como a Rosa Brava,que vivem longe de tudo aquilo que para nós se tornou banal e,por isso nos esquecemos muitas vezes das suas existências e do que deveriam de ser as suas necessidades básicas,que deveriam de ser iguais para todas nós mulheres.

Um abraço da Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Qua 7 Fev - 2:49:45

Há quem esqueça:

1. Não há uma única mulher na prisão por ter abortado.

2. Se o "Sim" ganhar, as mulheres que abortarem após as dez semanas continuam a estar sujeitas à tal vergonha do julgamento e da prisão. Ou seja, só deve haver compaixão para as mulheres que abortarem até às dez semanas, as outras que se lixem...

3. Só engravida sem querer quem for muito burra, ou muito desleixada (ressalvam-se os casos de violação, já previstos na actual lei, e os acidentes derivados de não funcionamento dos métodos contraceptivos).

A liberalização do aborto só serviria para resolver os casos excepcionais de métodos contraceptivos que falham. O resto é patranha, é hipocrisia, é pura necrofilia. Acabámos com os sacrifícios humanos, com a pena de morte, com a inquisição, com a tortura, e negar o holocausto é crime. Mas parece que continua a haver por aí uns nostálgicos dos rituais de morte. Querer liberalizar o aborto só pode ser uma manifestação patológica...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Despenalização do aborto   Hoje à(s) 18:22:59

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Despenalização do aborto
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 11 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 10, 11, 12, 13, 14  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Irmão Lourival, fiquei muito curioso em saber sua opinião: quem conhece e pratica o Evangelho de Cristo pode ser a favor do aborto, assim como 76% da IURD?
» Aborto e Canibalismo, tudo a ver. Então entendi... Aborto, fim da Fome, dinheiro no bolso, etc... e o Diabo ganhando espaço.
» O empresário e pró-abortista Bispo Edir Macedo estaria comprando um Hospital. Será que é para fazer Aborto?
» Mulher gera bebê fora do útero e criança sobrevive Embora a gestação tenha colocado mãe e filha em risco de morte, a grávida se recusou a fazer um aborto

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MONARQUIA TRADICIONAL :: GERAL-
Ir para: