MONARQUIA TRADICIONAL

Nós seremos livres, nosso rei será livre, nossas mãos nos libertarão
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  

Compartilhe | 
 

 Apelo ao voto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Apelo ao voto   Sab 7 Jul - 14:03:51

Todos nos queixamos do sistema em que vivemos. Ora, para mudar o sistema temos de começar por mudar - onde tal for possível - as pessoas. Temos de tirar os corruptos do lugar e colocar lá pessoas honestas, mesmo que não sejam da nossa côr ideológica.

Proponho-vos aqui um artigo de opinião que (a menos que tenha sido publicado hoje) foi recusado pelo Expresso e pelo Sol:

CINCO RAZÕES DE FUNDO PARA VOTAR GARCIA PEREIRA

por Nuno Cardoso da Silva

Como monárquico tradicionalista que sou, antigo presidente do PPM, poderá parecer estranho a alguns que eu tenha optado por aceitar o convite que me foi endereçado de integrar, com outros 13 independentes, a lista de candidatura encabeçada pelo Dr. Garcia Pereira. Não é a primeira vez – nem será certamente a última – que apoio o Dr. Garcia Pereira, pelo que se justifica que torne público as cinco principais razões porque o faço nestas eleições intercalares para a Câmara Municipal de Lisboa:

1. A candidatura Garcia Pereira apresentou um programa político que alia um conjunto de projectos destinados a tornar Lisboa uma capital europeia eficiente e agradável, com outros projectos destinados a eliminar as manifestações mais chocantes da exclusão social na nossa cidade e a melhorar a qualidade de vida dos mais carenciados.

2. Garcia Pereira é uma pessoa de grande agilidade intelectual, integridade ética e dedicação ao bem comum, muito acima do que é habitual entre os políticos portugueses.

3. A competência profissional de Garcia Pereira – quem é que, confrontado com um conflito de trabalho, não gostaria de ser defendido por ele? – é prova de que os problemas da cidade de Lisboa seriam eficazmente atacados, sem a menor concessão a interesses económicos ilegítimos, acabando com o infindável ciclo de corrupção e compadrio que tem vindo a verificar-se em Lisboa.

4. Ao contrário de tantos outros, Garcia Pereira não enjeitou os seus valores fundamentais, e não “migrou” para outros partidos, demonstrando com isso que não era oportunista nem colocava a possibilidade de alcançar um lugar na esfera do poder acima desses valores. Como autarca essa incorruptibilidade seria, para todos nós, uma garantia preciosa.

5. Face à candidatura de toda uma série de pessoas, directa ou indirectamente responsáveis pelo descalabro verificado em Lisboa, ou ligadas politicamente a quem disso foi responsável, e que não podem senão repetir os mesmos erros e ser presa das mesmas teias de corrupção e compadrio que se verificaram no passado, os lisboetas deverão “arriscar” uma ruptura firme com esse passado e dar uma oportunidade a quem eles sabem estar acima de qualquer suspeita. A democracia não é uma opção clubista, é um acto consciente de escolha dos melhores para gerir a coisa pública. Neste leque de candidatos, não há a menor dúvida de que Garcia Pereira é o melhor.

São estas as cinco principais razões pelas quais aderi a esta candidatura. E são estas também as cinco principais razões pelas quais Garcia Pereira voltará a ser alvo de toda a espécie de tropelias, destinadas a evitar que os eleitores o oiçam. A comunicação social não acompanhará as suas acções de campanha, o seu nome será excluído dos debates que se vierem a realizar, os outros candidatos fugirão a sete pés de qualquer confronto com ele. É de esperar, no entanto, que os lisboetas não voltem a deixar-se manipular por quem só quer o seu voto para servir interesses alheios.


Se quiserem que as coisas mudem talvez não seja má ideia começar por colocar Garcia Pereira na vereação da CML.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josephus
Comodoro
Comodoro


Número de Mensagens : 48
Data de inscrição : 09/07/2007

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Qui 12 Jul - 2:13:54

Oh Sr Nuno chocado

O # 4 : Pode se considerar um Tiro no pé Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Qui 12 Jul - 2:28:32

Josephus escreveu:
Oh Sr Nuno chocado

O # 4 : Pode se considerar um Tiro no pé Laughing

Porquê?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josephus
Comodoro
Comodoro


Número de Mensagens : 48
Data de inscrição : 09/07/2007

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Qui 12 Jul - 3:33:09

Porquê hehehe

O tiro é no seu Pé man!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Qui 12 Jul - 11:36:51

Estranho... Estarei eu a escrever em mandarim, sem dar por isso?...Ser-se fiel aos seus valores é um defeito?... Strange indeed...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josephus
Comodoro
Comodoro


Número de Mensagens : 48
Data de inscrição : 09/07/2007

MensagemAssunto: Dito Cujo no ponto 4... (sketch para os mandarins)   Sab 14 Jul - 17:27:26

O Dito Cujo não deixou de ser Maoista mas vc ??? ....

VCtem os pés todos rotos LOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Sab 14 Jul - 17:41:28

Josephus escreveu:
O Dito Cujo não deixou de ser Maoista mas vc ??? ....

VCtem os pés todos rotos LOL

Eu não sou maoista, nem o Dr. Garcia Pereira o é. Ambos temos princípios que, nalgumas áreas, muito se aproximam. Nomeadamente no respeitante aos mais pobres, aos explorados da nossa sociedade, aos excluídos, às vítimas de um sistema económico que a Igreja desde há muito condena. Prefiro mil vezes colaborar com um Garcia Pereira solidário, do que com aqueles monárquicos que ignoram as exigências do amor do próximo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Sab 14 Jul - 18:14:53

Ao Professor Cardoso da Silva quero aqui desejar a melhor sorte para amanhã.

Um abc

ZT
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Sab 14 Jul - 18:22:49

José Tomaz Mello Breyner escreveu:
Ao Professor Cardoso da Silva quero aqui desejar a melhor sorte para amanhã.

Um abc

ZT

Caro José Tomaz de Mello Breyner,

Os meus sinceros agradecimentos. As esperanças são poucas, mas nunca se sabe...

Um abraço

Nuno Cardoso da Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
PEDRO
Capitão de Mar e Guerra
Capitão de Mar e Guerra


Número de Mensagens : 20
Data de inscrição : 22/05/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Sab 14 Jul - 22:56:00

Caro Prof. Nuno Cardoso da Silva,
Após ler com mais detalhe os argumentos da lista do Dr. Garcia Pereira, desejo-lhes (sem hipócrisia) sucessos eleitorais autárquicos.
Além do mais, nestas eleições não estão em causa modelos de sociedade ou ideologias-politico-partidárias.

Mas penso que o Dr.Garcia Pereira e o seu partido continuam Maoístas.
Se estiver equivocado, agradeço-lhe a sua correcção.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Dom 15 Jul - 3:40:53

Caro Pedro,

Citação :
Mas penso que o Dr.Garcia Pereira e o seu partido continuam Maoístas.
Se estiver equivocado, agradeço-lhe a sua correcção.

Entre as referências ideológicas do PCTP/MRPP estão de facto o marxismo-leninismo-maoismo, mas parece-me que essa referência tem apenas um caracter histórico, já que nunca vi o Dr. Garcia Pereira alguma vez se socorrer dela. O esquerdismo radical do PCTP/MRPP tem hoje em dia como objecto a defesa dos mais fracos e expostos da nossa sociedade, o que não é muito diferente - embora as suas raízes doutrinárias o sejam - do que qualquer bom cristão conhecedor da doutrina social da Igreja também defende.

Cumprimentos

Nuno Cardoso da Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
o.corcunda
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata


Número de Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/07/2007

MensagemAssunto: Garcia Pereira- Um grande defensor da Cristandade...   Ter 17 Jul - 1:49:04

Não sei se o Prof. Cardoso da Silva sabe o que é a Doutrina Social da Igreja, mas não me parece lícito comparar uma coisa com outra, excepto se tratarmos com o "impressionismo" de quem anda na caça ao voto.
Acho qualquer identificação entre o PCTP-MRPP ofensiva para qualquer Cristão e abjecta, para além de se revestir de um oportunismo inqualificável.

Quando compara uma ideologia totalitária, que defende que toda a propriedade é estatal, que defende a igualdade material de todos na subserviência ao Estado, que o Estado é sempre justo porque é expressão popular, à DSI e a sua estrutura orgânica, tradicional, defensora da moralidade Cristã, oposta ao Estado injusto e oposta às doutrinas da vontade popular, demonstra que não sabe o que é o comunismo, ou a DSI...

E quanto ao maoísmo do candidato, há aqui uma consequência lógica.
Ou o candidato ainda é maoísta, ou não é assim tão coerente.
Querer transformar o MRPP numa associação de beneficiência é uma risota a que nos poderia poupar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.lusavoz.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 2:26:04

o.corcunda escreveu:
Não sei se o Prof. Cardoso da Silva sabe o que é a Doutrina Social da Igreja, mas não me parece lícito comparar uma coisa com outra, excepto se tratarmos com o "impressionismo" de quem anda na caça ao voto.
Acho qualquer identificação entre o PCTP-MRPP ofensiva para qualquer Cristão e abjecta, para além de se revestir de um oportunismo inqualificável.

Quando compara uma ideologia totalitária, que defende que toda a propriedade é estatal, que defende a igualdade material de todos na subserviência ao Estado, que o Estado é sempre justo porque é expressão popular, à DSI e a sua estrutura orgânica, tradicional, defensora da moralidade Cristã, oposta ao Estado injusto e oposta às doutrinas da vontade popular, demonstra que não sabe o que é o comunismo, ou a DSI...

E quanto ao maoísmo do candidato, há aqui uma consequência lógica.
Ou o candidato ainda é maoísta, ou não é assim tão coerente.
Querer transformar o MRPP numa associação de beneficiência é uma risota a que nos poderia poupar.

Pode parecer arrogante da minha parte mas há discussões para as quais não tenho muita paciência. O Corcunda que leia a encíclica Populorum Progressio, do Papa Paulo VI, e depois verá que se os pontos de partida são de facto diferentes, algumas das críticas da Igreja não são assim tão diferentes das críticas marxistas. Por alguma razão alguns teólogos da libertação acharam que valia a pena dialogar com os marxistas. Mas é claro que os reaccionários nunca conseguirão engolir a afronta que a Igreja lhes faz ao criticar o seu querido capitalismo. Ainda me lembro com muito gozo das tentativas desesperadas de alguns para justificar a afirmação evangélica de que "é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus"...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 2:41:02

Mas para quê ler se o Sr. Padre diz o que é necessário...agora até já
há o missale romanun em versão interactiva e corre na PSP. Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 2:56:28

Como o Corcunda pode ter dificuldade em encontrar a encíclica Populorum Progressio, aqui vai uma citação para sua reflexão:

Citação :
23. "Se alguém, gozando dos bens deste mundo, vir o seu irmão em necessidade e lhe fechar as entranhas, como permanece nele a caridade de Deus?". Sabe-se com que insistência os Padres da Igreja determinaram qual deve ser a atitude daqueles que possuem em relação aos que estão em necessidade: "não dás da tua fortuna, assim afirma santo Ambrósio, ao seres generoso para com o pobre, tu dás daquilo que lhe pertence. Porque aquilo que te atribuis a ti, foi dado em comum para uso de todos. A terra foi dada a todos e não apenas aos ricos". Quer dizer que a propriedade privada não constitui para ninguém um direito incondicional e absoluto. Ninguém tem direito de reservar para seu uso exclusivo aquilo que é supérfluo, quando a outros falta o necessário. Numa palavra, "o direito de propriedade nunca deve exercer-se em detrimento do bem comum, segundo a doutrina tradicional dos Padres da Igreja e dos grandes teólogos". Surgindo algum conflito "entre os direitos privados e adquiridos e as exigências comunitárias primordiais", é ao poder público que pertence "resolvê-lo, com a participação ativa das pessoas e dos grupos sociais".

24. O bem comum exige por vezes a expropriação, se certos domínios formam obstáculos à prosperidade coletiva, pelo fato da sua extensão, da sua exploração fraca ou nula, da miséria que daí resulta para as populações, do prejuízo considerável causado aos interesses do país. Afirmando-o com clareza, o Concílio também lembrou, não menos claramente, que o rendimento disponível não está entregue ao livre capricho dos homens, e que as especulações egoístas devem ser banidas. Assim, não é admissível que cidadãos com grandes rendimentos, provenientes da atividade e dos recursos nacionais, transfiram uma parte considerável para o estrangeiro, com proveito apenas pessoal, sem se importarem do mal evidente que com isso causam à pátria.

26. Infelizmente, sobre estas novas condições da sociedade, construiu-se um sistema que considerava o lucro como motor essencial do progresso econômico, a concorrência como lei suprema da economia, a propriedade privada dos bens de produção como direito absoluto, sem limite nem obrigações sociais correspondentes. Este liberalismo sem freio conduziu à ditadura denunciada com razão por Pio XI, como geradora do "imperialismo internacional do dinheiro". Nunca será demasiado reprovar tais abusos, lembrando mais uma vez, solenemente, que a economia está ao serviço do homem.

Chega ou é preciso mais?...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:04:54

Falta a parte final do: "Ides todos arder no inferno se votardes no PC..TP/MRPP". Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:07:00

Pedro Reis escreveu:
Falta a parte final do: "Ides todos arder no inferno se votardes no PC..TP/MRPP". Laughing

Então por isso é que eu há dias que sinto um cheiro persistente a enxofre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:19:48

Bom, o que vale é que ao menos rimo-nos com isto!

Já agora partilhe uma coisa conosco.

Que disse o Dr. Garcia Pereira quando o Prof. lhe disse que ele defendia o mesmo que a Igreja?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:28:19

Pedro Reis escreveu:
Bom, o que vale é que ao menos rimo-nos com isto!

Já agora partilhe uma coisa conosco.

Que disse o Dr. Garcia Pereira quando o Prof. lhe disse que ele defendia o mesmo que a Igreja?

A falar com franqueza, eu não lhe disse isso. Mas referi alguns aspectos mais radicais da teologia da libertação... Para bom entendedor... Mas como ele não me faz citações da cartilha comunista eu acho também mais correcto não lhe fazer citações da minha cartilha... Sem entrar por aí já ambos percebemos que devemos sublinhar o que nos une e evitar discutir o que nos separa. Parecia mal eu dizer-lhe: "Ó Dr. Garcia Pereira, olhe que essa coisa da ditadura do proletariado é uma treta..." Ele depois era capaz de começar a falar-me de uma certa "nobreza" que nós cá conhecemos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
o.corcunda
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata


Número de Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/07/2007

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:37:46

É elucidativo que quem levante a identificação entre as duas concepções diga não ter paciência para a fundamentar.

O Sr. Professor entra mais uma vez em contradição. Afirma-se Tradicionalista, mas só tem referências Progressistas...
Não sei se sabe, mas a Igreja já proferiu repetidas condenações da heresia que menciona. Sua Santidade o Papa Bento XVI tem vindo a reiterar tais condenações, da mesma maneira que o anterior Papa.
E mesmo que fosse verdade o que diz da Populorum Progressio, que não é a defesa do socialismo pela Igreja, mas o relembrar dos limites à propriedade que já provinham das oposições ao liberalismo e à modernidade que sempre caracterizaram a Igreja, seria caso para lhe perguntar se acha que a interpretação de Paulo VI tem mais valor que dois mil anos de Tradição interpretativa, consubstanciada em Doutrina.
Tal posição é, mais uma vez, bastante peculiar para um tradicionalista.

Devo dizer que também me diverte a forma como me oferece o epíteto de "capitalista". Como já tive ocasião de o elucidar, sou Cristão, o que implica que não possa ser nem liberal, nem socialista. Já o Prof. não pode dizer o mesmo... Essa vulgata dicotómica com que foi contaminado está destinada a dividir o mundo entre os bons e os maus, capitalistas e socialistas, esquecendo que existem categorias que lhe escapam, deve vir nalgum dos folhetins lá do MRPP, mas é desprovida de qualquer conexão com a realidade. Não sei se se lembra, mas da última vez que foi ao meu blogue, teve o gracejo de dizer que eu não era socialista porque era um "ricaço" (cúmulo da desonestidade para uma pessoa que não conhece)...

Em suma, não existe aqui tradicionalismo nenhum. Apenas um conjunto de chavões de esquerda e progressistas (as referências ao Partido Carlista denunciam bem o logro) disfarçadas de legitimismo político (bastante diferente de Tradição).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.lusavoz.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 3:50:41

Tradição: o passado que merece ser futuro.

Por aqui se vê que tradicionalismo não é reaccionarismo nem conservadorismo. Há muito do passado que não merece ser futuro, e a fixação numa visão liberal da economia - com todas as consequências que isso tem no campo social - é certamente qualquer coisa que os tradicionalistas deverão recusar. Sou progressista? Espero bem sê-lo na medida em que as instituições se devem constantemente adaptar às novas situações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lobo
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 364
Idade : 40
Data de inscrição : 21/07/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 4:24:55

De repente não sei bem porquê, lembrei-me da antiga cidade-estado de esparta...

mas por favor queiram os srs continuar, estou a gostar bastante daquilo que leio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
o.corcunda
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata


Número de Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/07/2007

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 4:56:21

O Sr. Prof. tem um problema grave de leitura. Como eu já tinha afirmado, a dita Encíclica demonstra apenas que existe um limite à propriedade, que é o Bem Comum.

Como católico e como “comunitarista” sempre parti desse princípio na minha oposição ao liberalismo e ao socialismo, que, por muito que queira, não conseguirá negar...

Opondo-se a isto, o materialismo marxista, afirma que não existe um bem comum, mas apenas “leis da história”, inscritas na materialidade.

A referida Encíclica não afirma que a posse dos bens seja estatal (basta ler), que tenha a possibilidade de dispôr deles para fazer Caridade e cuidar dos pobres ou o que quiser, como o socialismo defende. Se continuar a afirmar isso, vai ter de escolher se é Paulo VI um herege, ou se o são todos os antecessores que não respeitaram a inexistência da propriedade privada...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.lusavoz.blogspot.com
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 11:31:13

Lobo escreveu:
De repente não sei bem porquê, lembrei-me da antiga cidade-estado de esparta...

mas por favor queiram os srs continuar, estou a gostar bastante daquilo que leio

Curiosamente Esparta era bem mais democrática que a famosa Atenas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
Lobo
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 364
Idade : 40
Data de inscrição : 21/07/2006

MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Ter 17 Jul - 16:35:59

O conceito da antiga democracia nas antigas cidades estado helénicas não tem nada a ver com aquilo a que hoje chamam de democracia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Apelo ao voto   Hoje à(s) 11:27:29

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Apelo ao voto
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A CCB E O "VOTO DE NAZIREU FEMININO"
» Ser um careca de Deus deve ser praticado hoje ?
» IRMÃOS DA CCB BRÁS ENTENDE 13 DE JOÃO E ENSINA O LAVA PÉS É MANDAMENTO.
» Atenção CCB: Os VOTOS nada tem haver com Cristo e nem seus constrangimentos públicos
» Fazer voto.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MONARQUIA TRADICIONAL :: MUDANÇA DE SISTEMA-
Ir para: