MONARQUIA TRADICIONAL

Nós seremos livres, nosso rei será livre, nossas mãos nos libertarão
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  

Compartilhe | 
 

 Propostas de como mudar o sistema

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
joe war
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 123
Local/Origem: : Vila Real - Trás-os-Montes
Data de inscrição : 31/12/2005

MensagemAssunto: Propostas de como mudar o sistema   Seg 19 Jun - 22:13:21

Devido ás discussões que entretanto estão a ser feitas um pouco por todo o lado, ocurreu-me que seria interessante centralizar aqui esta discussão

Venham daí essas propostas...

Grato

Joe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Seg 19 Jun - 23:41:43

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:08:08, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
encoberto
Comodoro
Comodoro


Masculino
Número de Mensagens : 40
Idade : 53
Local/Origem: : Vila Real
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Sugestão de divulgação da nossa Proposta   Ter 20 Jun - 0:17:24

Caro Joe War

Relativamente à questão de “Propostas de como mudar o sistema” só mesmo com preparação prévia, de pelo menos uma grande parte da população, em que introduziríamos os nossos conceitos, de: Governo; sistema contínuo; constituição da Cortes Gerais (Câmara dos Deputados e Câmara dos Procuradores); de Conselho de Estado; de Lei da Sucessão; papel da Forças Armadas; etc.

Embora, concorde que, primeiro é preciso chegar à Comunicação Social, para chegarmos depois, às pessoas que queremos que sejam o nosso alvo.

Temos visto que é difícil contornar a Comunicação Social porque esta apresenta sempre a desculpa que a notícia não vende. Para contornarmos, nós, esta questão, tinha em tempos falado com alguém, que não se mostrou muito interessado, pois pensava que seria uma armadilha para o desenraizar da sua toca, que encabeçasse um grupo de distribuição de panfletos em Lisboa.

O processo era simples e, por isso, o repito aqui, pois envolve poucos recursos e, talvez, com consideráveis resultados, como poderás avaliar pela tua experiência nestas lides, em terras transmontanas.

Como Lisboa e Porto têm actualmente um peso desmesurado na população portuguesa, isso devia ser utilizado a nosso favor, pois com tanta gente concentrada nesses meios urbanos, sempre haverá alguma que nos dê ouvidos, começando-se a exteriorizar a doutrina monárquica e as opções de governo monárquico.

Sugeria, que numa primeira fase, quem pertencesse à REMO receberia um texto via email. Copiava-o e colocá-lo-ia nas caixas de correio que conseguisse e noutros locais que achasse por bem fazê-lo. Os custos seriam os tinteiros e o papel de cada um. Quando isto pegar, poderíamos passar a fazer ao contrário, ou seja, cada um contribuía com uns euros para se mandar imprimir panfletos aos milhares e a REMO distribui-los-ia. Concretamente, em Lisboa e Porto, podia-se arranjar grupos de distribuição, para operar em locais muito específicos, como estações do Metro, Cais do Sodré, escolas Secundárias e Superiores e locais sugeridos pelos próprios autóctones.

Vejo isto, como uma maneira barata de chegar onde a Comunicação Social nos impede de chegar. A entropia da comunicação seria reduzida, pois era como que uma “venda directa”, não havendo os intermediários. As críticas ao panfleto poderiam retornar para a REMO, pelos próprios elementos do grupo de distribuição. A acompanhar os panfletos teria de haver um sítio na Internet (site) onde se pudessem colocar dúvidas e propor questões, além de termos os panfletos online.

Com o andar da carruagem tentar-se-ia os textos para a Comunicação Regional e, posteriormente, para os meios de grandes massas. Para chegarmos a estes, e a mensagem ser aceite, já se tinha preparado o terreno antes. Talvez, tal trabalho desse resultados, mais rápidos do que o esperado, até porque a época é favorável.

Entre os elementos da REMO e, via intranet (correio electrónico), preparávamos os panfletos. Uns podem ser estudados antecipadamente porque temos um calendário histórico que propicia isso, outros seriam em função dos acontecimentos. Falaríamos do regime (constituição monárquica) e da nossa proposta de sistema (Cortes Gerais), Poder dos Corpos Intermédios, etc. Para não ficarmos no campo do hipotético, falaríamos de coisas do dia a dia e aqui entrariam as opções do Governo.

Esta seria uma estratégia para levarmos a água ao nosso moinho.

Joaquim Filipe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://amt.no.sapo.pt
joe war
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 123
Local/Origem: : Vila Real - Trás-os-Montes
Data de inscrição : 31/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Ter 20 Jun - 10:18:26

Cara Ana Rita

Caro Joaquim

Registo com agrado as vossas opiniões.

Joaquim, gostei das propostas. gostei acima de tudo de uma coisa, VAMOS DAR AO REMO!!!!!

grato joe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Ter 20 Jun - 15:12:05

Caro Joe,

Estou intrigado... Essa bandeirinha parece ter o escudo da Casa de Sabóia... Teremos aqui infiltrações "italianas"?...

Quanto às propostas do Encoberto parecem-me muito interessantes e devem ser implementadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
joe war
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 123
Local/Origem: : Vila Real - Trás-os-Montes
Data de inscrição : 31/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Ter 20 Jun - 16:01:24

Sr Dr.

Quanto as ramificações Italianas só se forem reminiscencias do tempo em que a minha mulher trabalhou na FIAT...

Como sabe, afinal é Comodoro, esta bandeira é a bandeira que era hasteada pela nossa Marinha Real em caso de... Guerra!

grato

joe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rls
Capitão de Mar e Guerra
Capitão de Mar e Guerra


Masculino
Número de Mensagens : 30
Local/Origem: : Para cá do Marão
Data de inscrição : 08/03/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Ter 20 Jun - 17:30:10

As bandeiras do bacano:

http://www.tuvalkin.web.pt/terravista/guincho/1421/bandeira/index.htm
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sex 23 Jun - 14:17:24

Mais tarde ou mais cedo teremos de fazer um manifesto, que resuma as nossas preocupações e os nossos projectos. Parece-me que as ideias-força de um tal documento deveriam ser:

- Lutar contra a corrupção
- Lutar contra a mediocridade e a incompetência
- Lutar contra a pobreza e a exclusão social
- Lutar contra o sistema oligárquico
- Lutar pela liberdade de expressão
- Lutar pela justiça social
- Lutar pela liberdade de candidatura à Assembleia da República
- Lutar pela qualidade no ensino
- Lutar por um Serviço Nacional de Saúde eficaz, dirigido aos que dele necessitam
- Lutar pela protecção do ambiente, pela preservação dos sistemas ecológicos e pelo desenvolvimento dos recursos renováveis
- Lutar pela cooperativização progressiva do aparelho produtivo
- Lutar pela democratização da posse dos grandes meios de comunicação social
- Lutar pelo reforço das relações com os países lusófonos e países ibero-americanos
- Lutar pela democratização da cultura
- Lutar pela integração das minorias étnicas e religiosas e pelo controlo e regulamentação não discriminatórios dos fluxos migratórios
- Lutar pela recuperação da agricultura, pecuária e pescas
- Lutar pela qualificação dos agentes produtivos
- Lutar pelo reequilíbrio da produção e do consumo
- Lutar contra a desertificação do interior através de incentivos fiscais eficazes e da desconcentração dos centros de decisão

Certamente muitas outras ideias existirão, que poderiam ser trabalhadas e incorporadas num tal documento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Qua 28 Jun - 13:35:15

Há alguns dias coloquei aqui (o meu texto antecedente) algumas ideias relativas a objectivos que devíamos publicitar em relação com o nosso desejo de restaurar a Monarquia. Isto porque sempre achei que a Monarquia não é um fim mas um meio, e que só valeria a pena esforçarmo-nos por conseguir essa restauração se fosse para realizar um projecto político mais abrangente. O total silêncio a que esta proposta - ainda por cima polémica - foi votada demonstra bem como ainda estamos nos primeiros estádios de uma acção política eficaz. Esta ausência de comentários e/ou sugestões só pode significar que muitos de nós ainda não sabemos para que queremos a Monarquia. Ora, quanto a mim, a Monarquia não pode ser apenas um instrumento institucional que possa ser utilizado para tudo e mais qualquer coisa. A Monarquia Tradicional tem de ser um instrumento ao serviço do bem comum, pelo que temos de ter alguma ideia do que deverá constituir esse bem comum. Se quisermos ser bem sucedidos temos de começar por aí. Por definir um projecto político. Um projecto político que precise da Monarquia para ser concretizado. Só então poderemos ser eficazes na defesa da Monarquia. Se é para ter um regime que tanto possa promover a inclusão social como a exclusão social, a justiça como a injustiça, a democracia como a oligarquia, então não valeria a pena.

Fica aqui, de novo, o desafio...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mariz
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 116
Data de inscrição : 30/06/2006

MensagemAssunto: RE   Sex 30 Jun - 15:36:53

Caro Senhor Nuno Cardoso da Silva,

As suas lutas todas resumem-se numa só, lutar contra o clube de Bilderberg!

http://www.conspirovniscience.com/bilder.php

http://perso.wanadoo.fr/metasystems/ES/SilentWeapons.html

http://www.bilderberg.org/bilder.htm#info2002

http://www.espada.eti.br/n1593.asp

http://gaia.org.pt/semcompras/textos%20arquivo/O%20consumo%20nosso%20de%20cada%20dia.pdf
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sex 30 Jun - 18:00:32

O clibe de Bilderberg é certamente um dos esteios da oligarquia, em Portugal como noutros países. Mas não é o único. Para os derrotar é preciso um regime político que impeça o predomínio do poder do dinheiro. Por isso é preciso uma Monarquia Tradicional.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mariz
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 116
Data de inscrição : 30/06/2006

MensagemAssunto: re   Sex 30 Jun - 19:29:29

Exactamente!

Uma chefia de estado independente e o fim dos partidos susbtituidos pela democracia directa! Ora nem mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sab 1 Jul - 13:52:06

Há muitos que acham descabido, e até imoral, o velho conceito de luta de classes proposto por Karl Marx. Entre os monárquicos, com o seu apego ao conceito de bem comum, essa rejeição é ainda mais clara. Temos a tendência para ver a comunidade no seu todo, pelo que a ideia de luta de classes nos é particularmente desagradável. No entanto, uma coisa é o ideal, outra é a realidade. A adopção generalizada do modelo neo-liberal, com a sua componente competitiva extremada, transformou a sociedade num verdadeiro campo de batalha, em que os mais aptos - mais inteligentes, mais qualificados, mais ricos, mais bem relacionados, mais agressivos, menos escrupulosos - ficam a ganhar, pelo menos do ponto de vista material, que parece ser o único que interessa. A pouco e pouco a sociedade divide-se em dois grupos, os que têm muito e os que têm pouco, e em que os que têm muito vêem o seu poder aumentar, dando-lhes possibilidades crescentes de ficarem ainda mais ricos à custa dos mais pobres. Quer se queira, quer não, o neo-liberalismo reintroduziu nas nossas sociedades uma verdadeira luta de classes. Face à injustiça desta situação, e da exclusão social que ela gera, uma futura Monarquia só pode adoptar a posição da Igreja Católica, de opção determinada pelos mais pobres. Num combate entre fracos e fortes, entre dominantes e dominados, a Monarquia só pode lutar pelo reequilíbrio social, o que tem de passar por uma atenção especial pelos que menos têm. Entre uma hipotética eficiência produtiva - conseguida muitas vezes pela opressão dos assalariados - e a justiça social, a Monarquia tem de optar pela justiça social, procurando no entanto não eliminar os incentivos ao sucesso económico. Numa Monarquia o factor económico tem de ser de novo colocado na subordinação do factor político. A riqueza tem de beneficiar todos, e não só uma minoria privilegiada. As decisões políticas têm de ser influenciadas pelo interesse dos mais pobres, e não pela defesa dos interesses dos mais ricos. Para isso é preciso que os orgãos de decisão política sejam impermeáveis ao aliciamento corrupto pelos grandes interesses económicos. Por isso é preciso democratizar a posse dos meios de produção, de forma a retirar aos grandes detentores do capital a sua capacidade corruptora. O fomento das cooperativas e da auto-gestão empresarial terá de ser a resposta ao poder desnacionalizado do dinheiro. Nas grandes empresas o poder dos accionistas tem de ser contrabalançado pelo poder dos trabalhadores. O factor capital tem de deixar de poder dominar o factor trabalho. A Monarquia terá de procurar reequilibrar o poder desses dois grandes factores de produção, para que a justiça e a equidade possam vencer.

Este não é um discurso comum entre os monárquicos, mas teremos de aprender a reflectir nele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sab 1 Jul - 19:57:26

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:09:35, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sab 1 Jul - 20:11:53

Cara Ana Rita Bivar,

Citação :
...se uma futura Monarquia, adoptar a posição da Igreja Católica, os pobres serão cada vez mais pobres e os ricos, cada vez mais ricos...

Muito gostaria que me explicasse esta sua afirmação. Conhece a Doutrina Social da Igreja e os seus princípios? Como é que uma atenção mais acentuada pelos pobres e um rigor maior com os ricos poderia aumentar simultaneamente a pobreza de uns e a riqueza de outros?...

Citação :
A opção pelos mais pobres e pelos mais fracos é a opção de qualquer pessoa de bem e ouvi-lo dizer isto é tão chocante como quando oiço alguem dizer que a esquerda tem o exclusivo da defesa dos pobres e dos oprimidos.

É evidente que a opção pelos mais pobres e mais fracos devia ser a opção de qualquer pessoa bem formada, mas no campo político como é que a direita enfrenta essa obrigação? Um sistema que fomenta a concorrência desregrada só pode beneficiar os mais fortes, aqueles que, à partida, têm mais meios para serem bem sucedidos. É isso que torna os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres. ou não será?...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sab 1 Jul - 22:40:24

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:10:52, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Sab 1 Jul - 23:18:31

Cara Ana Rita Bivar,

Como eu não sou a Igreja, não estou muito interessado no que ela faz, estando muito mais interessado no que ela pensa. A Doutrina Social da Igreja constitui uma fonte preciosa de princípios e de valores, que nos compete tentar pôr em prática, mesmo se a própria Igreja o não faz. O suporte dessa doutrina é a ética, pelo que ela é válida mesmo para aqueles que não são católicos. E constitui muito provavelmente a única alternativa válida ao socialismo marxista e ao capitalismo neo-liberal.

Citação :
...não é precisamente a direita que melhor se revê na Igreja Católica?...

Pode ter a certeza de que a direita se não revê na Doutrina Social da Igreja. A direita fica sem saber o que dizer perante o radicalismo dessa doutrina, que tão justamente condena o capitalismo. A direita, hoje em dia, não tem qualquer resposta para os problemas sociais que nos afligem, limitando-se a pregar a necessidade de produzir cada vez mais, mesmo que seja à custa do bem estar de tantos, nos nossos países como nos países em vias de desenvolvimento. A direita tornou-se insensível ao sofrimento alheio e, no seu melhor, só sabe pregar a caridade, como se a caridade pudesse substituir o respeito pelos direitos humanos ou corrigir a sua violação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 0:11:26

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:12:03, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
Mariz
Almirante
Almirante


Número de Mensagens : 116
Data de inscrição : 30/06/2006

MensagemAssunto: re   Dom 2 Jul - 0:22:36

Caros amigos,

sem querer entrar em polémicas permitam-me apenas duas citações:

" Não há maior religião do que a verdade"

a segunda é do maior samurai do japão:

" venerar os deuses mas nunca confiar neles...."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 0:50:10

Cara Ana Rita Bivar,

O interesse da Doutrina Social da Igreja está no seu conteúdo, não no facto de a sua principal proponente ser uma Igreja. Eu não sou católico e acho que essa doutrina é o melhor caminho para escaparmos ao dilema capitalismo-socialismo. Não é uma questão de fé, é de inteligência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 1:05:28

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:12:51, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 1:13:17

Cara Ana Rita Bivar,

Ainda não percebi de que é que não gosta na Doutrina Social da Igreja. E falo da doutrina propriamente dita, não da Igreja que a propõe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Rita Bivar
Almirante Tri-Tirocinado
Almirante Tri-Tirocinado


Feminino
Número de Mensagens : 191
Local/Origem: : Alentejo profundo
Data de inscrição : 13/02/2006

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 1:21:20

silent


Última edição por em Qua 14 Fev - 5:13:37, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://raizdepedra.blogspot.com
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 2:42:48

Cara Ana Rita Bivar,

Já agora, como é que se proporia eliminar o problema da exclusão social de raíz económica? Reforçando a componente neo-liberal capitalista? Optando por um qualquer modelo socialista? Por via da caridade? Por via de uma intervenção estatal não vinculada a ideologias?... É que este tipo de problemas não pode ser resolvido ad hoc, com cada um a fazer o que lhe vier à cabeça... Uma sociedade com excluídos é uma sociedade doente, e nós precisamos de eliminar essa doença...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Dom 2 Jul - 13:44:48

Cara Ana Rita Bivar,

Só hoje de manhã, ao reler a nossa troca de comentários, é que percebi que a Ana estava a ver a Doutrina Social da Igreja numa perspectiva individual, enquanto eu a vejo num quadro comunitário. Essa doutrina não é para mim um instrumento da salvação pessoal - por via da caridade -, mas um instrumento de resposta comunitária a problemas da comunidade. Talvez isso explique as nossas diferenças de opinião. Mas, já agora, gostava que reanalisasse a questão do ponto de vista da sociedade e me dissesse se mantém as suas objecções.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Propostas de como mudar o sistema   Hoje à(s) 0:47:08

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Propostas de como mudar o sistema
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» TV LG 9311 O sistema de cor está em pal-g, preciso mudar para ntsc veja como fazer
» Manuais do Train Simulator 2013
» Train Simulator 2014 - Rotas
» Fogão de alta pessão ou baixa pressão?
» Como mudar o e-mail associado a conta no forum

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MONARQUIA TRADICIONAL :: MUDANÇA DE SISTEMA-
Ir para: