MONARQUIA TRADICIONAL

Nós seremos livres, nosso rei será livre, nossas mãos nos libertarão
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  

Compartilhe | 
 

 Que futuro para esta democracia?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Que futuro para esta democracia?   Qua 12 Set - 13:05:01

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Qua 12 Set - 14:06:34

Caro Zé Tomaz 3 comentários:

1) O teu " chefe" está velho a foto deve ser recente o homem está consumido até as bochechas se encolheram! É a percepção do fim do reino faz de conta!

2) Sempre a necessidade de se colar a uma figura da republica para por na boca do outro aquilo que ele nunca teve coragem de dizer. No caso de João Soares trata-se apenas de balelas, retórica, pois estamos a falar de um dos mais representativos elementos da partidocracia e oligarquia instalada.

3) Não há instituto que lhe valha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
EGP
Guarda-Marinha
Guarda-Marinha


Masculino
Número de Mensagens : 8
Idade : 27
Data de inscrição : 27/06/2007

MensagemAssunto: Re: Que futuro para esta democracia?   Sex 14 Set - 1:24:26

Valdez escreveu:
Caro Zé Tomaz 3 comentários:

1) O teu " chefe" está velho a foto deve ser recente o homem está consumido até as bochechas se encolheram! É a percepção do fim do reino faz de conta!

2) Sempre a necessidade de se colar a uma figura da republica para por na boca do outro aquilo que ele nunca teve coragem de dizer. No caso de João Soares trata-se apenas de balelas, retórica, pois estamos a falar de um dos mais representativos elementos da partidocracia e oligarquia instalada.

3) Não há instituto que lhe valha!

Enternece-me ver que há pessoas sem a mínima lucidez que se desejaria ter aquando dum comentário a um qualquer texto de teor socio-político.

Aconselho-o antes de mais a estudar um pouco mais de português, nomeadamente a sua pontuação, já que as suas não-frases me deixam com muitas dúvidas interpretativas.

O autor do texto supra-reproduzido não se cola a ninguém, e como qualquer bom leitor rapidamente depreende, apenas exemplifica o seu raciocínio através da demonstração de uma realidade do país que é visível a todos os níveis e por diversas pessoas de diversas ideologias políticas. Os problemas são transversais e não ocupam apenas a consciência dos monárquicos: o Sr. João Soares pode, obviamente, ser também um mero demagógico, mas não é por isso que deixa de poder assumir algumas frases mais ou menos inteligentes, das quais qualquer pessoa pode obter usufruto citativo a despeito da sua validade original.

O autor do texto não diz que o Sr. João Soares não é um dos mais representativos partidocratas, por isso não entendo o seu comentário de frustrada inconsistência lógica.

Quanto ao «Não há instituto que lhe valha!», realço que devia dedicar mais tempo ao treino do seu raciocínio de compreensão textual, pois o autor do texto não procura que algum instituto lhe valha alguma coisa. O Instituto não é a solução para nada, é apenas um pequeno impulsionador de actividades nas quais ele participa e que têm em vista a divulgação e debate de vários problemas no que concerne à democracia hodierna.

Os seus não-comentários demonstram não comentar o texto no que é a essência dele, do que resulta a minha conclusão:

1) A sua predisposição para ler coisas analítica e inteligentemente está velha, a falha deve ser recente, você está consumido, até a sintaxe se encolheu;

ou

2) Sempre a necessidade de retorquir por tudo e por nada sem sentido nem fundamento e sem coragem de ler quem efectivamente transmite ideias de valor a um público mais alargado. No seu caso trata-se de um crítico gratuito, comparo-o a especialistas em bricolage que tentam comentar quadros, e depois só conseguem reparar nos pregos e numa ou noutra linha ou mancha, sem perceber o conteúdo, ou sem saber tecer um comentário (um deveras comentário, e não um piadário).

ou

3) Não há lucidez que lhe valha. Quando alguém publica um texto pretendem-se comentários e não desabafários.

Desejo-lhe as melhoras,
EGP.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
leònidas_
Vice-Almirante
Vice-Almirante


Número de Mensagens : 96
Data de inscrição : 09/03/2007

MensagemAssunto: Re: Que futuro para esta democracia?   Sex 14 Set - 3:01:27

Eu já tinha dito que o adubo das alfaces não deve ser saudável, caro valdez...

Agora a sério, porque é de coisas sérias que devemos falar e não de demências de quem acha que a ingenuidade tem lugar no mundo dos homens

O IDP pretende contribuir para o crescimento do peso da monarquia no Portugal real atravez do contributo de pessoas cuja opinião conta e pesa na justa interpretação daquilo que são as nossas expectativas, enquanto portugueses monárquicos ou não
SAR D. Duarte diz com verdadeira justeza que Portugal tende para a procura de um salvador, que não raras vezes se mascâra de ditadura...É na busca individual e no assumir interior que o Português deve buscar as ferramentas que construirão o futuro que todos almejamos.Mas tal não é possivel se não formos capazes de interpretar os sinais que a sociedade transmite para o exterior...nem mesmo rebuscando velhas formulas politicas, gastas de tanto fracasso

Não basta dizermos que somos socialistas para o sermos ou que devemos defender o bem comum se nem fazemos ideia do que isso é..
..tal como a religião e o trabalho a politica deve ser exercida e compreendida para termos sucesso

Se é verdade que todos nascemos Portugueses e cidadãos, o que nos vincula a direitos e obrigações...só na práctica diária e constante das nossas obrigações adquirimos o direito aquilo que somos
SAR, como ninguém tem provado esta conduta...se é verdade que nasceu Rei a sua constante luta por Portugal prova realmente que é digno da posição que tem dentro do coração de cada Português e merece o destaque que tem no IDP,

Se é verdade que SAR não goza de plena juventude é porque assumiu como vida as obrigações a que se vinculou por nascimento, sem dai esperar mais do que um bom rumo para Portugal e todos nõs

bem haja
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bernardo
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata


Número de Mensagens : 18
Data de inscrição : 08/08/2007

MensagemAssunto: Re: Que futuro para esta democracia?   Ter 25 Set - 18:34:22

E não é preciso dizer mais nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: re   Ter 25 Set - 19:25:47

Caro EGP

Por muito que os senhores duartistas se esforcem; para além de andarem a tentar impingir algo que já ninguém pega o reinofazdeconta está mesmo com os dias contados.

Quanto à minha pontuação deve-se ao facto de que eu quando for grande quero ser como o Saramago- prémio Nobel. Ando a treinar, qualquer dia chego lá!

Em relação a responder socio-politicamente a algo desencadeado pelo Sr. Bragança...caro EGP essa era anedota...claro!

SAR D. Rosário é ligeiramente mais velho que o Sr. Bragança....mas tem uma pedalada e uma alegria que ninguém o segura. E agora absolvido, limpinho e descansado está mesmo é com a força toda!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Que futuro para esta democracia?   Hoje à(s) 10:53:58

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Que futuro para esta democracia?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Uma feliz segunda feira a todos na Paz de Deus.
» Técnicas para crianças cacheadas
» Temperatura ideal para forno a lenha?
» minha pizza esta ficando com a massa dura
» Sites de produtos para cabelo em Geral

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MONARQUIA TRADICIONAL :: GERAL-
Ir para: