MONARQUIA TRADICIONAL

Nós seremos livres, nosso rei será livre, nossas mãos nos libertarão
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  

Compartilhe | 
 

 Assuntos em Geral sobre a Monarquia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Seg 23 Jul - 12:40:26

Caro Prof.

Infelizmente não pude ir pelo facto de ser ao Sábado pois por opção de vida só trabalho em consultas às 5ª, 6ª e Sabados uma vez que o meu trabalho exige uma grande concentração dados os detalhes. Os outros dias trabalho a fazer coisas na casa e no quintal.

Assim para próximo almoço/ reunião peço que seja entre Domingo a 4ª e assim lá estarei.

O Diogo pensa que são necessarios muitos para provocar uma mudança, mas todos nós sabemos que um litro de oleo pode contaminar milhares de litros de água. Basta-nos dar um pontapé certeiro no meio das pernas do sistema...será que me faço entender?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 13:16:20

Caro Diogo

Deixe-me dizer-lhe que considerei a reunião muitissimo proveitosa e foram encontradas imensas bases / principios comuns. "Cheira-me" a que foi um inicio de um trabalho que pode vir a ser muito importante e a dar uma volta de 360º na postura dos Monárquicos.


Um abraço

Zé Tomaz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
David Garcia
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Masculino
Número de Mensagens : 58
Idade : 37
Data de inscrição : 21/07/2007

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 13:21:00

Caro Izz,

Fizeste uma questão muito complicada!

Eu, desde o dia 29 de Setembro que estou sob juramento de fidelidade ao Duque de Bragança e a toda a Família Real.

Como deves calcular, eu tenho que me basear pelos principios de lealdade para com aquele que eu considero ser o legitimo Chefe da Casa Real Portuguesa.

O que me parece evidente é que se os monárquicos de uma vez por todas puserem de parte querelas à volta deste tema, há condições para haver união numa acção política concreta.

Cada um tem o direito de pensar como bem entende sobre esta matéria. Agora, se eu estou sob Juramento, naturalmente que irás compreender que não posso pactuar com uma discussão que ponha em causa esse meu mesmo Juramento. Seria extremamente incorrecto da minha parte.

Mas em termos políticos, sinto que os Monárquicos podem se unir. O que verdadeiramente, nesta fase é importante, é que consigamos ter condições políticas viáveis para apresentar uma proposta de Monarquia Parlamentar e Democrática ao povo português e estou convencido de que só depois de a Monarquia ganhar em Referendo é que então, aí sim, mediante as Leis da Monarquia - que a meu ver passam pelo Direito Consuetudinário, com raízes na Carta Constitucional - teremos Rei.

Da minha parte sabem todos que não vou jamais deixar de ser favorável àquele a quem eu jurei fidelidade.

Saudações a todos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 13:22:49

Diogo Ventura escreveu:
Caro Iz e Ca.
Enquanto este diálogo não mudar de "dentistas" ,não vamos a lado nenhum .
Peço desculpa quando se "fala" assim ,só de uma reunião de 11 pessoas .
Caro Izz ,vocês são sempre assim brincalhões ?
Não Vamos bincar com coisas sérias que ,não é por aí que vamos ,bem para "passar" o "tempo" até dá ,mas Tudo tem um limite na vida...

Meu caro Diogo, o meu caro sabe sobejamente que uma coisa é brincar e outra é trabalhar num projecto único que involve uma diversificação de ideias.
E o meu amigo sabe bem que eu nestes assuntos não brinco em serviço Wink

A questão com que me deparei neste encontro foi simplesmente esta. Enquanto Monárquicos teremos de trabalhar todos em conjunto e enquanto defensores de ideologias algo diferentes, teremos de as procurar juntar tanto quanto possível.

A questão da sucessão é algo pouco importante face a uma restauração.
A questão de quem é pretendente e/ou pretendente presuntivo é menos importante que servir Portugal e os Portugueses.

E dessa forma a questão, enquanto monárquicos, a que eventualmente teremos de responder será.

Até ao momento de uma restauração estaremos dispostos a esquecer a questão da sucessão e nessa altura, se possível, estaremos dispostos a deixar que a escolha de aquele que nos irá governar recaia nas mãos dos Portugueses?

Pense bem antes de me responder meu caro Diogo Ventura e deixo-lhe como exemplo para reflexão o seguinte ponto.
A França não é muito provavelmente uma Monarquia, pois aquando da 2ª República o Pretendente Bourbon por uma casmurrice não aceitou ser Rei de França. Essa questão foi apenas a Bandeira da França, que estes queriam manter enquanto a presente tricolor. Creio que o hino também, mas a questão mais falada era a da Bandeira.

Serviu este Sr. a França ao renúnciar governar a mesma, promovendo o Regime Monárquico na França e retomando o controle dos destinos da mesma ou apenas o seu ego e orgulho pessoais, ao recusar governar por não gostar da Bandeira ou do que a França tinha feito sob a sua égide?

Diogo Ventura escreveu:
...Esta agora quem havia de dizer um almoço(parece que até bem organizado) com uma discussão á volta ,que ninguem sabe dizer como acabou a discusão .
Não venham dizer que o que Pedro Reis escreveu como resumo ,que são as "soluções" "Reais"?
Bem enquanto as minorias não se entenderem e acabarem esta provocação ,podem crer que ficam irremedialvelmente de fora ,o Tempo e o Povo diráLaughing

Meu caro, creio que há medida que se possa se vá avançando com as conclusões da reunião, tanto que grande parte da mesma implica avançar com questões paralelas.
Logo, dê tempo ao tempo e se quiser, vá avançando com uma exposição sua baseada na ordem de trabalhos.

Eu posso-lhe dizer que no monarquicos.com está lá aquilo que eu tencionei expor na íntegra no mesmo, mas que não me foi possível.

Um abraço,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Seg 23 Jul - 14:40:15

Caro David,

O que me choca na sua pessoa é que perante as evidencias e as provas documentais, jamais contestadas até hoje o David ainda tenha essa mentalidade de lealdade a quê? à pessoa ( é consigo) agora à figura? poupe-nos!

Um homem só deve ser leal a uma religião " A verdade" doa a quem doer.

De resto essa sua dedicação...quase que diria doentia ainda lhe var dar muitos amargos de boca, escreva o que eu digo.

Faz lembrar aquelas histórias em que um membro de um casal se dedica completamente ao outro e no fim apanha uma desilusão.

Acaso o Sr. Duarte Pio se lembra da sua existencia a não ser para lhe fazer umas festas quando precisa dos seus serviços? já pensou nisso?

Enquanto o David está a lutar e a dar o litro pelo Duarte Pio, está ele de papo para o ar na piscina a beber um belo vinho tinto e a saborear uma lagosta, lembra-se lá que tem um tolo que lhe presta serviços de lacaio de borla em troco de uma farda de cavaleiro faz de conta e de um juramento.

De noite enquanto o David está agarrado à internet na sua solidão, ele está sentadinho no sofá com a familia ou aconchegadinho na cama com a querida.

Força David, vale a pena a sua grande luta, daqui uns anos será promovido a barão faz de conta......
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 15:11:41

Valdez escreveu:
está ele de papo para o ar na piscina a beber um belo vinho tinto e a saborear uma lagosta,

Vinho Tinto com lagosta?????? Zé António tens de fazer urgentemente um curso sobre harmonizações vinho/comida.

Falando sério, o David tem as convicções dele e tu tens as tuas, e deixa-me que te diga que as tuas são bem piores, não duvides que o italiano um dia que não precise de ti dá-te um pontapé. E... não te fez também ele Conde?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno Cardoso da Silva
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 389
Data de inscrição : 09/12/2005

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 16:22:59

Sem brincadeiras de mau gosto acho que vale a pena reflectir sobre a questão da "fidelidade" e dos respectivos juramentos.

Nos seus primórdios a Monarquia consistia na escolha de um chefe pela comunidade, adoptando-se o princípio da hereditariedade como forma de escapar às lutas pelo poder. Escolhido o chefe, este jurava servir a comunidade e a comunidade jurava obedecer-lhe e servi-lo, ENQUANTO esse chefe servisse a comunidade e cumprisse a sua parte do acordo. O chefe esquecia-se do seu juramento e ía alimentar minhocas. Tudo muito rústico mas bastante eficaz.

A partir do século XV os Reis começaram a sentir que a comunidade não os deixava suficientemente à solta. Apoiados em doutrinas do poder divino, os Reis começaram a querer colocar-se acima da comunidade - e não apenas no seu vértice, como era tradição -, a serem tratados por Majestade em vez de Alteza, em violação dessa mesma tradição, e a soltarem-se do seu juramento para com a comunidade. Os Reis eram Reis porque eram os ungidos de Deus e o Povo não tinha senão que se conformar. Assim aparecem juramentos de fidelidade desligados das obrigações dos Reis, sobrando apenas as obrigações dos membros da comunidade, tornados simples súbditos e vassalos.

Eu confesso que tenho uma visão muito diferente. O Rei é meu servidor e de toda a comunidade, e só por isso eu aceito obedecer-lhe. Ele não é nada ungido de Deus, é apenas aclamado pela comunidade, fonte de todo o poder. Eu sirvo-o se ele me servir, e não o contrário. Neste quadro não há lugar para juramentos de fidelidade antes de tempo. Um tal juramento é uma redução à condição de vassalagem, e eu não sou vassalo de ninguém. Eu sou livre e quero um Rei livre, para juntos defendermos a nossa liberdade.

Muitos dos problemas do movimento monárquico têm exactamente a sua origem nestas expressões de sado-masoquismo político. Sem receber nada em troca já estamos espojados aos pés do "Senhor" - independentemente de quem é o candidato a "Senhor" - numa atitude servil que em nada favorece o ideal monárquico. Quer-se iniciar um blog, e pede-se autorização ao "Senhor"; quer-se aceitar um posto político, e pede-se autorização ao "Senhor"; quer-se escrever um livro, e pede-se autorização ao "Senhor"... Com tantas mesuras não admira que alguns monárquicos já não sejam capazes de se endireitar, e tenham a fronte sempre muito próxima do pó...

Não é o meu estilo, e não me parece que se ganhe alguma coisa com isso a não ser uma hérnias discais...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Seg 23 Jul - 16:31:02

Caro Zé Tomaz

Se for um "verde tinto" com a lagosta qual é o problema? tenho bebido muitas vezes e gosto bastante.

Sabes Zé Tomaz todas os profissionais tem um defeito que é avaliar as coisas pela sua competencia, exactamente como acabas-te de fazer com a questão do vinho.

Ora a minha vida é fazer diagnósticos e avaliar pessoas para além daquilo que as maquinas me revelam tenho estudos de comportamento humano e por esse motivo só me enganam quando eu quero entrar no jogo para ver até onde a coisa vai.

Aliás existe uma grande diferença entre nós... é que eu conheço o Duarte e o D. Rosário e as diferenças são tão abismais que é chocante.

O D. Rosário é uma pessoa destemida cheia de energia que rápidamente contagia as pessoas que o rodeiam com a sua simpatia.

É um homem extremamente delicado e educado, esmeradamente educado.

Como já havia dito só conheci na minha vida outra pessoa no género o Dr. Pinheiro da Silva que foi secretário da educação em Angola e que foi meu prof de Filosofia http://www.geocities.com/athens/troy/4285/ensino00.html

É um homem com experiencia de negócios de nivél internacional.

É um homem com um sentido da arte e da estética.

Não tenhas dúvidas que é o melhor que nos pode acontecer, ter um pretendente com tais qualidades como rei.


Aliás lanço já aqui um desafio; que aceites conhecer o D. Rosário, pois dentro de pouco, mas muito pouco tempo ele vai estar completamente livre e limpo e depois faças o teu juizo de valôr este desafio é extensivél a quem quizer e até podemos combinar outro almoço só para essa situação. Eu ponho a minha cabeça no cepo se depois de conhecerem pessoalmente o D. Rosário alguém não ficar a gostar dele como pessoa, não peço mais nada!


Eu também gostava era de ser mosca para ver a carinha de alguns como o Lobo que se fartaram de arrotar baboseiras contra o D. Rosário e a sua honestidade agora quando isto tudo terminar e no local próprio que é a justiça e os tribunais o D. Rosário sair limpinho, aliás ele já está limpo das acusações relativas às burlas do banco, o que está pendente tem mesmo haver com o MNE.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Seg 23 Jul - 16:39:20

Caro Prof.

Isso nem no tempo que lá andei no Duarte enganado eu lhe fiz vénia sempre o tratei educadamente mas era de igual para igual, aliás eu já nesse tempo era tido como " rude" por me estar c.... para a vassalagem.

Aliás no trabalho que desenvolvo com o D. Rosário não recebo um centimo, pelo contrário perco tempo e tenho despesas precisamente para ter a liberdade e independencia que a minha forma de ser e de estar na vida exigem.

E realmente no David preocupa-me um jovem de 28 anos andar a fazer essas tristes figuras de vassalo e de tanto se baixar vai chegar uma altura que o trazeiro vai estar mesmo a jeito para o senhor de Sintra lhe dar um pontapé bem dado. O Sr. Prof já conhece a peça e eu também não é preciso dizer mais nada, sabemos do que estamos a falar.

Tenho pena pelo David que é um rapaz dedicado, só que apostou no cavalo errado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 16:48:04

Valdez escreveu:
Caro Zé Tomaz

Se for um "verde tinto" com a lagosta qual é o problema? tenho bebido muitas vezes e gosto bastante.


Zé António

É pior a ementa que o soneto. Verde Tinto???????? O verde tinto é um vinho que "casa" bem com a Lampreia, com Rojões, e pouco mais. Com a lagosta experimenta Champagne (se gostas de gás) ou um branco seco e frutado, nunca verde tinto que vai esmagar completamente a Lagosta. Quanto ao resto, não me importo conhecer pessoas novas, embora não veja a menor vantagem de conhecer esse senhor na qualidade em que ele se apresenta, uma vez que ao apresentar-se assim ele (para mim) está a ser aldrabão.


Um abraço

Zé Tomaz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 16:53:21

Valdez escreveu:
Caro Prof.

Aliás no trabalho que desenvolvo com o D. Rosário não recebo um centimo, pelo contrário perco tempo e tenho despesas precisamente para ter a liberdade e independencia que a minha forma de ser e de estar na vida exigem.


E o tal titulo de Conde? Não foi paga do trabalho feito?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 17:03:29

Realmente verde tinto acho que realmente foi com lampreia não foi com lagosta custa-me a dar-te mas tens razão!

O branco é que costumo comer com peixe e marisco. Eu quando ia a Lisboa gostava muito do restaurante mar do Inferno em Cascais, mas desde há quase dois anos que nos tornamos fãs do Sushi inclusivé os miudos de forma que vamos muitas vezes ou a Cascais ou aquele em frente à estação de Santa Apolónia.

Agora também descobri um em sistema de buffet com chinês e japones em frente ao patriarcado de Lisboa, por detrás da Alfredo da Costa onde se come à descrição e muito bem por 7.5 euros

Eu raramente bebo vinho, aliás com dois copos fico logo cheio de sono e com 3 ronco profundamente nem dá para apanhar uma borracheira porque adormeço mesmo.

Em relação ao D. Rosário fica o desafio, espero que não tenhas medo de aceitar. Ele só seria desonesto se não tivesse inumeras razões do lado dele e os seus pontos de vista a defender. Aposto o almoço em como no final ficas amigo do D. Rosário!

Desonesto é alguém que como o Duarte, apesar de saber que existe um documento da Conservatória dos Registos centrais a dizer o contrário, insiste na história de dizer que nasceu na legação de Portugal em Berna, para além de tudo o resto que não vale a pena estar a martelar outra vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 17:12:47

Caro Zé António

Por muito agradável e simpático que a pessoa em causa possa ser, e não duvido que o seja, uma vez que essas qualidades são apanágio de todas as pessoas desse género, penso que ele não terá o menor interesse em me conhecer, nem eu o tenho. O que nos separa é uma enorme distância.


Um abc

Zé Tomaz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 17:24:02

Caro Zé Tomaz

Ou muito me engano ou estes olhinhos ainda te hão-de ver dar o bracinho a torcer.

Mas por enquanto ficamos assim.

Abrac, Valdez

PS: O D. Rosário tem interesse em conhecer toda a gente principalmente os que dizem mal dele sem o conhecer, esses são os mais conversiveis à causa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
José Tomaz Mello Breyner
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 734
Local/Origem: : www.yorkhouselisboa.com
Data de inscrição : 19/08/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 17:37:44

Valdez escreveu:
Caro Zé Tomaz

Ou muito me engano ou estes olhinhos ainda te hão-de ver dar o bracinho a torcer.


Caro Zé António

Ao contrário de muita gente, não tenho o menor problema em "dar o braço a torcer". Quando acho que não tenho razão, ou quando me engano, sou o primeiro a admiti-lo. Muito me admiraria no entanto se desse o "braço a torcer" neste caso.


Um abc


ZT
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 18:15:54

Pois a mim já nada me admira!

O tempo o dirá.


Um abraço, Zé
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
Lobo
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 364
Idade : 40
Data de inscrição : 21/07/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Seg 23 Jul - 23:12:46

valdez, nem queiras saber as pessoas simpáticas educadas e bem falantes, de gostos refinados que eu conheço... imagina agora tu valdez a quantidade de gente com essas qualidades que consta nos ficheiros da interpol e referênciadas na rede de polícias europeias e olha que alguns até são conhecidos do "il truffatore" (foi assim que o ouvi chamar quando estive em itália no mês passado)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
David Garcia
Contra-Almirante
Contra-Almirante


Masculino
Número de Mensagens : 58
Idade : 37
Data de inscrição : 21/07/2007

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 0:01:58

Caros amigos,

Limitei-me apenas a responder a uma pergunta do Izznoguud.

Cada um tem as suas convicções, há que respeitá-las.

Bem hajam. Wink


Última edição por em Ter 24 Jul - 0:15:19, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 0:14:33

Caro Lobo,

Já começas-te a engulir as pernas do sapo gigante, pois ainda há pouco tempo dizias que SAR. D. Rosário nunca mais de lá saia com ares de pseudo sabedoria, já está em casa e dentro de muito poucos dias irá ter a liberdade completa.

Não é neste momento acusado de nada de grave, apenas está em causa as cartas do MNE que como todos já sabemos não tem qualquer valor juridico e são para além de ilegais anti constitucionais.

Nós é que nos vamos rir quando os responsaveis por estas porcarias estiverem sentadinhos a prestar contas e a pagar a devida indemnização a SAR. D. Rosário e também vamos querer saber como e porque portas e travessas um documento interno do MNE veio parar a um forum e a um livro, se esse documento não foi publicado em lado nenhum, parece um crime de trafico de influencias e roubo de documentos do estado....

Por tanto já que tens a mania que és policia, ou se calhar até és... não sei e estou me nas tintas. Mas se fores tendo conhecimento deste roubo de documentos o melhor é começares a investigar.

Como és lobo, se farejares bem vais dar direitinho aquele sitio que os canideos gostam de cheirar do teu grande chefe.

Por tanto já começas-te a engulir as pernas do sapo, tem cuidado não te engasgues quando chegar ao meio do corpo é que este sapo real é cabra rijo mesmo.

Nem sabes quando me divirto a ver-vos engulir tudo o que disseram, mas isto é apenas o principio dos principios das surpresas que se avisinham.... lol! lol! lol! lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
D.Afonso
Convidado



MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 0:22:39

Mudei o nome de topico por motivo de vm que ainda não me respondeu sobre a autoria de banner no FDR.

Assim já não pedirei aos admins de este forum para apagar este topico.

Boa sorte para voces todos a postarem aqui.

Paulo Pinto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lobo
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 364
Idade : 40
Data de inscrição : 21/07/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 1:02:01

Não tenho a mania valdez....Cool

e também não costumo engulir sapos, mas pernas de rã gosto bastante, e que eu saiba "il troffatore" não está propriamente em liberdade. Agora as manobras com que conseguiram provar a obtenção de documentos diplomáticos que somente e apenas países e estados soberanos podem conceder isso é que é deveras intressante, afinal de contas não é só cá no rectângulo que a justiça é "lorpa" contudo ainda há contas que "il truffatore" não saldou muito mais antigas de há uns anos atrás e estas são "caseiras" certo valdez?

Ah Lobo é o nome mesmo, quanto á capacidade de olfacto inerente á especie canidea não a tenho pois a minha especie é homo sapiens e não a canis lupus ou a canis vulgaris. Agora tu que já te afirmaste como lusitano puro, interrogo-me se terás caracteristicas genéticas provenientes do cruzamento de um ser da especie homo sapiens com um ser da especie equídae. Mais uma coisa não tenho grande chefe, e defenitivamente o meu chefe não é o cidadão Português Duarte Pio de Bragança (vulgo D. Duarte Pio de Bragança Duque de Bragança)

vamos lá ver se "il truffatore" não retorna de novo a acolhedora nunca se sabe valdez nunca se sabe....Cool Cool Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valdez
Almirante do Império
Almirante do Império


Número de Mensagens : 926
Local/Origem: : www.reifazdeconta.pt.vu
Data de inscrição : 13/12/2006

MensagemAssunto: RE   Ter 24 Jul - 1:38:59

Caro Lobo,

D. Rosário presidia ao Instituto de relações Internacionais dos quais vários paises foram signatários inclusivé Portugal, nesse ambito foi lhe concedido a determinada altura ( anos 80) passaporte diplomático das Nações Unidas, esses passaportes entretanto caducaram e não foi pedida a sua renovação. Estavam no entanto na posse de D. Rosário como uma recordação, caducos e sem serem usados.

Depois havia os "passaportes" da Real Casa que eram o cartão da associação da Real Casa em formato tipo passaporte, de acordo com os estatutos que foram inclusivé publicados no DR em Portugal tinham o nome de passaporte.
Um genero, como o chamado " passaporte" dos maçons.


Refira-se que dentro do referido documento constava uma nota logo no inicio dizendo que não se tratava de um documento oficial e em nenhum caso substituia um documento oficial.

Ou seja tudo claro e legal!

Citação :
interrogo-me se terás caracteristicas genéticas provenientes do cruzamento de um ser da especie homo sapiens com um ser da especie equídae.

Tenho sim senhor, nasci com corpo de homem inteligencia de homem, mas fisicamente tenho apenas aquele sinal que destingue os homens das mulheres mais da espécie equidae e quando me chateiam tambem gosto de dar coices!

Ai Lobo quantas surpresas ainda vão ter e quantos sapos engulir.

Então podes concretizar essa tua insinuação de contas caseiras? É que assim não chego lá!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://realcasaportuguesa.org
Pedro Reis
Condestável-mor
Condestável-mor


Masculino
Número de Mensagens : 537
Idade : 43
Local/Origem: : Santa Cruz
Data de inscrição : 28/11/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 2:47:38

Zé Tomás se isto dá uma volta de 360º, para além de nos tombar a todos, leva-nos exactamente ao local de partida!!! Laughing

Valdez não sei se reparou, mas a conversa estava a ir num bom sentido, inclusivamente envolve até um participante que não era habitual e que hoje se digna a vir aqui. Particularmente estou cheio do Italiano e plena e totalmente borrifando para o que ele é ou lhe aconteça, mas adoraria poder ouvir o David, sem o ter a si a provocá-lo.

Lobo e Zé Tomás eu vou-vos meter uma rolha! Aliás se me irritam muito meto-vos duas! Laughing 75% do que o valdez escreve é porque vocês o incitam! Que vocês sejam masoquistas é pá kweel! Mas poupem-nos...porra!

David.

Independentemente do que tenha jurado promessa e partindo das suas últimas palavras. Até ao dia em que tenhamos a monarquia restaurada é capaz de congelar esse seu juramento? Depois 10 min. no micro-ondas e isso reanima, mas até lá consegue trabalhar numa mesa "ecuménica" dar o máximo em prole de Portugal e dos Portugueses e apenas depois dar igual dedicação a "esse Português"?

Se garantirmos isto estão criadas as bases para que possamos reunir as facções, porque uma coisa lhe posso garantir quem trabalha está deste lado, quem quer trabalhar saberá reconhecer isso quando o vir.

Sou apenas um pouco mais velho e com experiências diferentes, mas todos nós aqui já estivemos na sua situação e por algum motivo aqui viemos parar. Garantidamente não foi do guaraná e o David, a seu tempo, irá ver isso. Poderá seguir um caminho idêntico ou manter-se onde e como está que nada disso será importante, pois o que realmente importa é a que ponto está dispoto a sacrificar-se e a sacrificar para servir um bem maior: Portugal e os Portgueses.

Um Abraço

P.S. (Quanto ao resto está sem saco dos berlindes até que se portem bem!! Razz Laughing )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lobo
Almirante do Império
Almirante do Império


Masculino
Número de Mensagens : 364
Idade : 40
Data de inscrição : 21/07/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Ter 24 Jul - 10:06:37

Rolha?

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

está bem caro Pedro vou ter isso em consideração, mas se reparar bem a provocação não veio do meu lado nem do lado do Sr José Tomaz. Não que isso importe, a mim não me importa realmente nada.

Faça lá então o que achar melhor lolololololololol
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Almirante da Armada
Almirante da Armada


Masculino
Número de Mensagens : 258
Data de inscrição : 26/12/2006

MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Qui 26 Jul - 14:17:23

Quero pedir desculpas ao David por não me ter apercebido da sua resposta antes.

David Garcia escreveu:
Caro Izz,

Fizeste uma questão muito complicada!

Eu, desde o dia 29 de Setembro que estou sob juramento de fidelidade ao Duque de Bragança e a toda a Família Real.

Como
deves calcular, eu tenho que me basear pelos principios de lealdade
para com aquele que eu considero ser o legitimo Chefe da Casa Real
Portuguesa.

Meu caro não me respondeste nem isso não é justificação.

Juraste fidelidade a um pretendente, és livre de o fazer. Mas a questão que te fiz foi a seguinte:

IzNoGuud escreveu:
...Estás, enquanto Duartista, disposto a que para o
bem da causa monárquica e de modo a que todos em conjunto possamos
trabalhar para um bem comum, aceitar que aquando de uma Restauração e
não antes, D. Duarte Pio ou a sua descendência seja apresentada aos
Portugueses para que estes se pronunciem sobre o seu desejo ou não de
ver o mesmo como Rei de Portugal?

E uma vez mais te
digo que é somente uma questão de reponderes a esta pergunta com um
simples sim ou não, que a questão da sucessão fica aqui desde logo
terminada.

Pois, por muito que devas e tenhas jurado fidelidade a um pretendente,
ninguém te está a pedir ou pediu para renegares aos teus votos ou à tua
posição, apenas te foi questionado sobre se aceitarias que fossem os
Portugueses a se pronunciar sobre quem estes aceitariam enquanto seu
Soberano.

Desde já te informo, para o caso de não o saberes, que D. Duarte Pio já
antes declarou que aceitaria a decisão dos Portugueses, aceitando a
Coroa apenas se estes assim o desejassem.

Mas em todo o caso e na eventualidade da tua resposta ser um "não",
então tal como eu disse noutra ocasião ao Peregrino sobre a questão do
Casamento Homossexual noutro fórum, to digo igualmente aqui, que se tu
não consegues separar as coisas, então para bem da Nação e da Monarquia
que pretendemos implantar, já não uso o restaurar pois a mesma não é a
mesma. Deverás afastar-te de cargos de decisão ou influência, pois as
tuas limitações estarão a impedir que os demais monárquicos sem esses
impedimentos avançem na procura de uma solução que agrade ao máximo de
entre nós.

David Garcia escreveu:
O que me parece evidente é que se os monárquicos de uma vez
por todas puserem de parte querelas à volta deste tema, há condições
para haver união numa acção política concreta.

Sem qualquer margem de dúvida.

David Garcia escreveu:
Cada um tem o
direito de pensar como bem entende sobre esta matéria. Agora, se eu
estou sob Juramento, naturalmente que irás compreender que não posso
pactuar com uma discussão que ponha em causa esse meu mesmo Juramento.
Seria extremamente incorrecto da minha parte.

Errado meu caro, primeiro o meu amigo jurou obediência e fidelidade e
não que iria deixar de pensar por si próprio. Segundo, não estamos a
debater quem deve ou não deve ser Rei de Portugal mas sim que a escolha
de aquele que será o Rei de Portugal deverá caber aos Portugueses, logo
o meu amigo não estaria a violar nenhum preceito desse seu juramento.

Seria o mesmo que o meu amigo não querer discutir a forma como um
Presidente da República deverá ser eleito, apenas por achar que o
Professor Aníbal Cavaco Silva é o Presidente legítimo.

Uma coisa nada tem a ver com a outra, como deverias facilmente ter-te
apercebido, mas já como te disse por diversas vezes... antes de
responderes, pára, lê e compreende aquilo que te estão a dizer para que
não cometas erros de percepção, como tantas vezes aconteceu no extinto
FDR.

David Garcia escreveu:
Mas em termos
políticos, sinto que os Monárquicos podem se unir. O que
verdadeiramente, nesta fase é importante, é que consigamos ter
condições políticas viáveis para apresentar uma proposta de Monarquia
Parlamentar e Democrática ao povo português e estou convencido de que
só depois de a Monarquia ganhar em Referendo é que então, aí sim,
mediante as Leis da Monarquia - que a meu ver passam pelo Direito
Consuetudinário, com raízes na Carta Constitucional - teremos Rei.

Meu caro, apresentar propostas viáveis é o que todos temos tentado
fazer desde sempre, o problema é que alguns teimam em misturar a
sucessão que é um assunto privado de cada um com essa tal proposta que
temos procurado debater.

Neste Fórum e com estas pessoas, mais algumas de outros fóruns temos avançado neste debate.

Os convites para a participação foram repetidamente feitos aos
diferentes espaços, pelo menos eu enquanto administrador do
política-monárquica e do monarquicos.com fiz umas quantas vezes, para
além de ter disponibilizado espaço para que cada vertente pudesse
apresentar o seu ponto de vista e tu melhor que todos os outros, sabes
bem como foi que os meus convites foram recebidos pelo FDR e pela tua
pessoa, embora hoje já tenhas demonstrado interesse em participar o que
muito me honra.

David Garcia escreveu:
Da minha parte sabem todos que não vou jamais
deixar de ser favorável àquele a quem eu jurei fidelidade...

Tal só te fica bem, só espero é que isso não se torne num entrave ao progesso do que todos tencionamos fazer.

Um abraço,

IzNoGuud
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.monarquicos.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Assuntos em Geral sobre a Monarquia   Hoje à(s) 11:26:19

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Assuntos em Geral sobre a Monarquia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» VIDEOS REVELA-DORES SOBRE ASSUNTOS DA CCB
» Sites de produtos para cabelo em Geral
» Dúvidas sobre CASTING da L'Oreal
» Onde comprar ADITIVOS COSMÉTICOS em geral
» JORNAL DE CURITIBA FAZ REPORTAGEM SOBRE CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MONARQUIA TRADICIONAL :: GERAL-
Ir para: